ARMAS E MORTES

Um general e ministro da Saúde é apontado como mandante da tentativa de manipulação do número de mortes da pandemia. E Eduardo Bolsonaro infiltra-se no Exército para defender os interesses da indústria armamentista americana. São as manchetes dos jornais hoje, terríveis para a imagem das Forças Armadas. A tentativa de esconder as mortes é parte

BOLSONARO E OS GAROTOS LARGARAM OLAVO NA SARJETA

Os maiores inimigos de Bolsonaro são seus ex-aliados e ex-amigos. O bolsonarismo conseguiu agora o que poucas seitas conseguem: livrou-se de um de seus criadores. A família Bolsonaro abandonou Olavo de Carvalho na sarjeta. O guru junta-se a Janaína Paschoal, Sergio Moro, Kim Kataguiri, Alexandre Frota, Lobão, o finado Gustavo Bebianno, Joice Hasselmann, Major Olímpio

TODOS ESTÃO BLEFANDO

Resume-se numa frase a situação de Bolsonaro hoje: assim como está não pode ficar. Por isso ele disse hoje que chega. Mas o que pode resultar das suas falas para que o cenário e os humores sejam outros? Ele não sabe nada de nada. Nada. Bolsonaro só sabe que não quer que fique como está,

QUEM TEM MEDO DOS GAROTOS DE BOLSONARO?

Eles decidem tudo em família, como nas dinastias e nos governos mantidos por déspotas. Afrontam Congresso, Supremo, inimigos, ex-aliados e imprensa, mas nenhuma instituição consegue pegá-los. Os filhos do homem aparelharam o Estado, trabalham dentro do Planalto, ao lado dos generais, e continuam impunes. É o tema do meu no texto no Extra Classe, com

AS REDES SOCIAIS VÃO PEGAR TODOS OS FASCISTAS E NAZISTAS?

Muitas das manchetes dos jornais desta segunda-feira anunciavam que Bolsonaro havia caído na censura das organizações que controlam as redes sociais. A informação básica era essa: depois do Twitter, Facebook e Instagram também apagaram post de Bolsonaro. Apagaram ainda posts de Flavio e Eduardo Bolsonaro. Surpreendentemente, Carluxo escapou. O argumento é o que todos conhecem.

DELÍRIOS EM TORNO DE BOLSONARO

Circulam cada vez mais duas hipóteses que não se sustentam, baseadas nas especulações sobre um possível meio golpe e sobre a renúncia de Bolsonaro. Sem chance de impeachment por enquanto, todo mundo chuta. Se alguém acertar, leva a taça. A hipótese do golpe considera que Bolsonaro estaria apostando na radicalização, não para escapar de uma

ARAPUCA ERA PARA GLOBO E FOLHA

John Roberts é um jornalista respeitado pela direita americana. Tem 63 anos, sempre atuou em grandes veículos e cobre a Casa Branca para a Fox News. Não é pouca coisa. Os Bolsonaros podem ter preparado uma arapuca para o veterano, mesmo que ele seja uma grife do conservadorismo em um grupo aliado? Ou o plano

O EX-FUTURO EMBAIXADOR CAIU NA ARMADILHA DO RETRATO

Um político com um mínimo de esperteza não cairia na armadilha que a Piauí preparou para Eduardo Bolsonaro. Poucos poderão ler a reportagem de Thais Bilenky, mas a foto feita por Diego Bresani já corre mundo. O retrato só existe porque os líderes da extrema direita brasileira são simplórios, não só os filhos de Bolsonaro