AS ARRISCADAS MISSÕES DO GENERAL BRAGA NETTO

O general Walter Souza Braga Netto é reconhecido até pelos coronavírus de Brasília como tutor do governo Bolsonaro. Mas é provável que não estivesse onde está se não carregasse no currículo um desafio imposto pelo Alto Comando do Exército em 2018. Em fevereiro daquele ano, o general, então chefe do Comando Militar do Leste, resistia

OS GENERAIS DE BOLSONARO

Em março de 2018, a revista Piauí publicou uma reportagem de sete páginas do jornalista Fabio Victor sobre os generais brasileiros. Um deles disse o seguinte sobre as chances de Bolsonaro ser presidente, a sete meses da eleição: “Tu achas viável que num país que evoluiu tanto institucionalmente e consolidou uma democracia alguém consiga governar

OS LABIRINTOS DOS GENERAIS

Amanhã, Olavo de Carvalho poderá insultar mais um general e não acontecerá nada. O general insultado emitirá uma nota pelo Twitter e a nota será replicada por meio mundo, até aparecer à noite no Jornal Nacional. Se tivermos mais um general atacado, teremos então cinco deles insultados, depois do vice-presidente Hamilton Mourão, do porta–voz Otávio

A direita precária

O general Eduardo Villas Bôas, ex-chefe do Exército, disse que Olavo de Carvalho é um “verdadeiro Trotski de direita”. Trotski de direita? Espero que ninguém pergunte ao general o que isso significa, porque a explicação pode ser medonha. E dizer que os militares já tiveram uma figura com a sabedoria e a cultura de Golbery

BOLSONARO É UM MILITAR? EIS A RESPOSTA 

Jânio de Freitas, sempre ele, levanta hoje na Folha a questão que inquieta os quarteis: o que as Forças Armadas ganham com a tentativa de Bolsonaro de identificar seu governo com os militares? O trecho que resume a inquietação é demolidor: “Se preza tanto o Exército, por que Bolsonaro não agiu de modo a ser