UM MOREIRA SALLES NÃO PODE APLAUDIR MAMÃE FALEI

É constrangedor para alguém com sobrenome Moreira Salles ficar à sombra de um trio elétrico, num domingo à tarde, ouvindo discursos do que existe de pior entre os dissidentes do bolsonarismo. Aconteceu domingo na Avenida Paulista, quando o jovem Antonio Moreira Salles, filho do presidente do conselho de administração do Itaú, Pedro Moreira Salles, erguia

OS EMPRESÁRIOS SE DIVERTEM COM A CRIATURA QUE ELES INVENTARAM

Bolsonaro foi aplaudido em jantar com empresários na quarta-feira em São Paulo. A Folha informou que foi ovacionado. Outros noticiaram que o sujeito provocou risos quando disse que os jornais só não insinuam que ele é boiola. As reações das esquerdas ao encontro foram de incredulidade. Parece que a esquerda não acredita no apoio incondicional

O CHEFE DAS RACHADINHAS TENTOU LIDERAR O RACHADÃO DA VACINA

Um dos participantes do grupo de executivos e empresários que tentam comprar vacinas, para furar a fila de espera, vazou informações interessantes. Flavio Bolsonaro estava participando das intermediações. Mas em nome de quem? O que Flavio, o chefe das rachadinhas, pretende ao se envolver no esforço dos empresários? É o tema do meu texto no

O RACHA DA VACINA E O EGOÍSMO DOS EMPRESÁRIOS

Os que desejam importar vacina e os que preferem ficar de fora. A divisão reafirma quem são os empresários brasileiros. Por que eles não pressionam o governo a parar de sabotar a vacinação? Porque o projeto é salvar só a própria pele, oferecendo ao governo (para descargo de consciência) parte da vacina comprada. Este é

AOS MILIONÁRIOS QUE PRETENDIAM FURAR A FILA: COMPREM LOGO UMA VAGA NO CÉU

Os empresários que formaram uma aglomeração virtual e foram pedir vacinas ao governo estão sendo tratados pela grande imprensa pelo que não são. Eles não são benemerentes por tentarem pagar pela própria imunização e pela proteção de mulheres, filhos, parentes e funcionários das empresas. O pedido de acesso privilegiado à vacina não pode ser tratado

O QUE O GENERAL MOURÃO FAZ PELA AMAZÔNIA?

No dia 9 deste mês, o general Hamilton Mourão conversou, por videoconferência, com investidores estrangeiros que pressionam o Brasil para que contenha a destruição da Amazônia. No dia 10, o general fez nova rodada de conversa com grandes empresários nacionais que haviam divulgado uma carta em defesa da floresta e do meio ambiente. O vice-presidente

A COVARDIA DOS EMPRESÁRIOS

Se o Brasil não tivesse se transformado num país de acovardados, que assistiu à ascensão do fascismo sem nenhuma reação política articulada, as agressões da família Bolsonaro contra o Supremo seriam encerradas nos próximos dias. Não passariam de maio. Mas isso só aconteceria se o Brasil tivesse entidades liberais fortes, conservadoras mas vigorosas, e não

O DEBOCHE NÃO AJUDA

As esquerdas podem até debochar das manifestações pró-peste de hoje em muitas capitais, com os bacanas da direita desfilando dentro de seus carrões. Foram cenas ofensivas, criminosas, tristes e também engraçadas. Mas o deboche não tem o poder de encobrir uma verdade constrangedora. Eles metem os peitos e fazem de carro o que as esquerdas

A TURMA DA GRIPEZINHA VIROU UMA GANGUE

Roberto Justus pode ser apenas o marqueteiro de uma turma que já se organizou para defender a ideia da gripezinha e condenar o isolamento social que tenta conter a pandemia. O fato novo é a intensificação das ameaças dos empresários para que os funcionários pensem na possibilidade de perder o emprego, se não voltarem logo

A direita justiceira

O ministro Ricardo Lewandowski conta em artigo na Folha como a direita empresarial está sendo punida por alguns dos métodos justiceiros que defende. FOLHA DE S. PAULO Domínio do fato Ricardo Lewandowski Reportagem publicada em um jornal econômico revela que sócios, diretores e gerentes de empresas viram-se condenados em 82% dos casos submetidos à Justiça