SÓ DIREITA E EXTREMA DIREITA SE RENOVAM

A eleição deste ano promete aprofundar um fenômeno nem tão recente. Direita e extrema direita tiram novos candidatos como coelhos da cartola, e as esquerdas sofrem para ter o mínimo de renovação. Até Fabrício Queiroz, chefe das rachadinhas dos Bolsonaros, é pré-candidato a alguma coisa que ele irá escolher mais adiante, talvez a deputado federal

FRENTE AMPLA, MAS ATÉ ONDE?

Os uruguaios, envolvidos hoje com a eleição dos novos dirigentes da Frente Ampla, dedicam-se a um debate que se repete no Brasil, mesmo que aqui nunca tenha existido nada parecido. Esta é a dúvida: uma frente de esquerda pode ser alargada sem perder sua identidade, numa hora em que a extrema direita cresce em todo

NÃO HAVERÁ VITÓRIA SEM O RESGATE DA BANDEIRA

Não é por civismo calhorda, mas por missão de guerra mesmo. Tomar a bandeira das mãos do fascismo poderá ser a maior reconquista simbólica da democracia brasileira no século 21. As três manifestações contra Bolsonaro em Porto Alegre tiveram marcas bem definidas. A primeira, de 29 de maio, foi a da volta dos jovens às

LIÇÕES DA BOLÍVIA PARA A ESQUERDA DEPRESSIVA

Uma certa esquerda depressiva brasileira não acreditava na possibilidade de vitória de Luis Arce na Bolívia. Alguns continuam não acreditando. O Movimento ao Socialismo venceu na Bolívia porque resistiu desde a deflagração do golpe de novembro do ano passado. E não deu ouvidos aos que, ao invés de irem à luta, também lá devem ter

MUJICA: AS ESQUERDAS ESTÃO COM EXCESSO DE IDEIAS

Frase de José Pepe Mujica em entrevista ao site argentino Infobae, quando reconheceu que as esquerdas, e não só as uruguaias, estão perdendo terreno, porque ainda se enfrentam pela discordância de ideias, enquanto a direita trata de interesses e de ações. “Tiramos bastante gente da extrema pobreza, mas não os transformamos em cidadãos, mas em

CINCO PEDRADAS (ERRADAS) EM FELIPE NETO

É bom o debate provocado pela participação de Felipe Neto no Roda Viva. O que aquele cara estava fazendo ali, falando de antifascismo, se não tem expressão política? Não tem? Tento listar cinco pedradas que se repetem desde ontem e já antecipo que não concordo com nenhuma delas. NÃO É DA TURMA – As esquerdas,

AS LIÇÕES DE FELIPE NETO PARA AS ESQUERDAS

Os mais empolgados, que viram Felipe Neto ontem no Roda Viva, devem estar pensando: pena que ele não possa ser candidato já em 2022. Felipe tem 32 anos e estará com 34. Para ser candidato a presidente, precisa ter no mínimo 35 anos. Felipe é um fenômeno raro, porque não é apenas uma das celebridades

A GOIABA DA ESQUERDA

Uma pergunta que incomoda muita gente que ainda tenta fazer jornalismo fora do circuito que apoiou o golpe e se rendeu a Bolsonaro: Por que a esquerda (sim, esquerda) institucionalizada em partidos e sindicatos nunca foi e parece que nunca será decidida no apoio ao jornalismo que tenta se contrapor à imprensa de direita? Uma