NÃO DEIXEM O SUPREMO LUTANDO SOZINHO

No golpe de 64, o primeiro agredido foi o Congresso, com o AI-1 que iniciou a cassação de políticos e amordaçou Senado e Câmara. Mas o serviço estava incompleto. Em outubro de 1965, a ditadura investiu contra o Supremo e assumiu o controle do Judiciário. Este é o sonho de Bolsonaro. Leia no meu artigo

A UNIVERSIDADE ESTÁ SOB O ATAQUE DE MILICIANOS

O governo implantou uma política de destruição da universidade pública e, ao mesmo tempo, acionou milícias que mantêm direções, professores, estudantes e servidores das instituições sob coação. Esta é a síntese do desabafo em tom de advertência do ex-reitor da Universidade Federal de Santa Maria Paulo Burmann (foto), em entrevista ao Extra Classe, com link

A MORTE DO AMIGO NEGACIONISTA

O colega sempre divertido da adolescência incorporou aos 60 anos, no grupo do Whats, um sujeito pesado. Não era mais o tucano que poucos sabiam que havia sido. Era um ativista bolsonarista e negacionista. É o tema do meu artigo quinzenal no jornal online Extra Classe. Abordo a história do ex-colega de uma turma dos

OS BRASILEIROS INVISÍVEIS

O Brasil não enxerga os índios acampados em Brasília, na luta contra o tal marco temporal, assim como nunca foram visíveis para os gaúchos os kaingangs e os guaranis da reserva da Guarita e tantos outros povos envolvidos em conflitos na defesa das suas terras. É o tema do meu artigo quinzenal no jornal Extra

O PACTO COM A MORTE

A democracia finalmente tem uma chance de vitória contra o fascismo. A família de farsantes aliou-se à pandemia como estratégia de sobrevivência política, mas pode ser engolida pelo próprio incentivo à disseminação da peste. A maior ameaça contra os Bolsonaros não vem das esquerdas, mas do pacto que eles fizeram com a doença e a

A LUTA DO VÉIO DA HAVAN CONTRA A FAMA DE SONEGADOR

Se eu escrever aqui que o véio da Havan é sonegador, como muita gente já escreveu em jornais e redes sociais, ele pode tentar me processar e pedir indenização por dano moral. Por isso, nunca escreverei que o véio da Havan é um sonegador. Todos os que escreveram que o véio da Havan é um

A tatuagem que não foi feita

Todos seremos confrontados, em algum momento da maturidade e da velhice, com as coisas que deixamos de fazer em tempos de escuridão e horror como os que vivemos hoje. É meu texto quinzenal no Extra Classe. https://www.extraclasse.org.br/opiniao/2019/12/a-tatuagem-que-nao-foi-feita/?fbclid=IwAR2qED3OGU-1fTPo2MZDXrD1unxQT5mE343gnyJ0giLYdOffuK4UjomTe5U

O FIM DO BOLSONARISMO

Por quanto tempo vamos conviver com o terror de uma estrutura de poder que persegue e ataca pobres, negros, gays, professores, ambientalistas, estudantes, artistas, cientistas e até uma adolescente estrangeira? O fim do bolsonarismo é o tema do meu artigo no jornal Extra Classe. https://www.extraclasse.org.br/opiniao/colunistas/2019/12/o-fim-do-bolsonarismo/?fbclid=IwAR0rGyuubgJAGwgw_zGt3daGqV8yFM2wM2vECbeWiVUyzp1j4ERxp_qwbU0