AS QUADRILHAS DE FAKE NEWS COMANDADAS POR MILITARES

Bolsonaro transformou militares em milicianos digitais que espalham fake news sobre a Amazônia. Grupos que mantinham perfis falsos no Face Book e foram desmantelados pela gestão da própria rede social, como mostra reportagem do DCM, que compartilho, com link logo abaixo: https://www.diariodocentrodomundo.com.br/militares-controlavam-perfis-falsos-que-espalhavam-mentiras-sobre-a-amazonia/

UMA TESE MAIS ESTÚPIDA DO QUE O PRÓPRIO BOLSONARO

Jornalistas interessados na confusão fizeram circular um boato segundo o qual a chapa de Bolsonaro pode ser cassada por causa das fake news. O TSE, que não teve o peito de cassar no ano passado a chapa Bolsonaro-Mourão, também sob a acusação de fake news em 2018, poderia cassar a dupla Bolsonaro-Braga Netto e abrir

INQUÉRITO DAS FAKE NEWS PRECISA PEGAR OS TERRORISTAS E OS DONOS DO DINHEIRO

Os políticos desistiram da CPI das Fake News, porque seria um estorvo de desfecho imprevisível em ano eleitoral, e jogaram o fardo no colo de Alexandre de Moraes. É um fardo pesado, imenso, disforme, mas terá de ser aberto e exposto em algum momento, ou o Supremo cometerá o erro do Senado na CPI do

DUDU E SEUS GRUPOS DE TIOZÕES DO ZAP

Uma pesquisa acadêmica tem algumas das evidências que a Polícia Federal tenta encontrar para o inquérito das fakes news, que corre no Supremo com relatoria do ministro Alexandre de Moraes. É um estudo do pesquisador Viktor Chagas, da Universidade Federal Fluminense, que revela indícios de que Eduardo Bolsonaro participou de um esquema camuflado de mensagens

SUPREMO E TSE PRECISAM PROVAR QUE ENFRENTAM AS MILÍCIAS DAS FAKE NEWS

As instituições terão de dizer e fazer algo mais sobre fake news do que anunciar que desta vez as milícias enfrentarão vigilância e punições que não tiveram em 2018. Esse algo mais precisa envolver, além de medidas de contenção dos milicianos pelo TSE, a perspectiva de que teremos condenações resultantes do superinquérito sobre o gabinete

FALTA PEGAR OS FINANCIADORES DAS MILÍCIAS DIGITAIS

O Telegram está fora do ar, mas os grandes financiadores da produção e disseminação de mensagens com mentiras, difamações e conspirações continuam soltos e à vontade. A estrutura das milícias digitais está viva e impune. Alexandre de Moraes faz bom serviço ao encurralar e amordaçar Allan dos Santos, ao acabar no Brasil com uma das

AULAS CONTRA AS FÁBRICAS DE MENTIRAS

O TV 247 vai transmitir a partir desta sexta-feira um curso online com reflexões sobre o combate à desinformação. É uma iniciativa do jornalismo que tem lado, o lado que busca a verdade, nesses tempos de fake news. Compartilho abaixo texto a respeito do curso, publicado pela diretora-geral e de redação do 247, Gisele Fredericce:

DELEGADA DA PF MANDOU RECADO À FAMÍLIA BOLSONARO E AOS SEUS AMIGOS

O relatório da delegada Denisse Ribeiro, da Polícia Federal, encaminhado a Alexandre de Moraes com informações sobre as fake news, tem duas novidades a partir de uma informação antiga. A informação velha é esta: a fábrica de notícias falsas, ataques, dossiês e difamações funciona, com todas as engrenagens, dentro do Palácio do Planalto. Nada de

FORTALECER ALEXANDRE DE MORAES É TAREFA URGENTE DO SUPREMO

As gavetas do governo estão abarrotadas de pedidos de informação do Supremo, todos com prazos curtos. O STF já pediu informações sobre vacinas, cloroquina, orçamento secreto, espionagem de servidores públicos, queimadas na Amazônia, falta de oxigênio em Manaus e sobre a perseguição do governo a jornalistas. Ninguém fica sabendo se as repostas são dadas dentro

AS MILÍCIAS PODEM AVACALHAR COM A ELEIÇÃO E DERROTAR AS INSTITUIÇÕES?

Muita gente em Brasília sabia que o general Fernando Azevedo e Silva era sabedor de que não haveria como Bolsonaro liderar e executar um golpe. O general sabia tanto que cansou dos blefes do sujeito, deixou o Ministério da Defesa e foi embora com os chefes das três armas, que também sabiam. Sempre souberam em