É A FAMÍLIA, ESTÚPIDO!

O debate sobre protocolos de saúde, para sustentar argumentos no duelo contra Bolsonaro, não tem nenhum sentido. Bolsonaro não quer saber de protocolos que o mais desinformado dos brasileiros conhece para tentar conter a pandemia. Ficar em casa, lavar as mãos, não se tocar, não se aglomerar, não ir à escola, não fazer reuniões, não

A ARMA, O ASSASSINO E O ESPECIALISTA

Este não é um relato para quem já está saturado de ler sobre a chacina na zona sul de Porto Alegre. O assassino do casal e do filho apresentou-se à polícia. Dionatha Bitencourt Vidaletti teve dois dias como foragido para preparar sua defesa. Disse ao delegado que a arma com que matou as três pessoas

OS FALSOS BOLSONARISTAS

Quais são os maiores estragos do bolsonarismo? O maior, o dano indiscutível, é o da destruição do que resta de coesão social. No sentido mais amplo, do extermínio de conquistas elementares de pobres e miseráveis. O cineasta Fernando Meirelles abordou, em declarações desta semana, o que talvez seja outro dano ainda não bem medido e

A alegria da impunidade

A dancinha no hospital passa várias mensagens. É a dança do desprezo pelo Ministério Público e de total confiança na capacidade dos Bolsonaros de neutralizarem MP, Justiça e imprensa. Mas o que mais importa para eles é passar o sentimento de leveza, de alegria, de descontração, porque tudo ficará bem. A família Queiroz está feliz

A direita exibicionista

A direita brasileira pós-64 foi cruel, dissimulada, inquisidora, mas era bem mais recatada do que a direita reciclada de hoje, como observa minha amiga Cida Cunha. A direita continua cruel, mas ficou exibicionista, refestelada, porque sabe que dispõe hoje – talvez mais até do que no tempo da ditadura – de um Judiciário seletivo que