O PACTO DOS CRIADORES DO MILICIÃO

Os irmãos Bolsonaro firmaram um pacto, quando o pai foi eleito e eles se deram conta de que toda a família chegava ao poder. Flavio, Carlos e Eduardo assumiram o compromisso de que nunca cometeriam nada de ilegal que pudesse levá-los à cadeia. Eduardo falou do pacto aos repórteres Catarina Alencastro e Bruno Góes, do

PRESENTE

Quando avisou que mais coisas iriam surgir para atingir a família, Bolsonaro quis dizer apenas que recebe informações privilegiadas sobre o cerco do Ministério Público ao filho. Estão vazando informações para o grupo investigado. A Folha informa hoje que Bolsonaro só errou a data. Esperava que a operação de ontem contra Flavio fosse feita no

PAPAI NOEL EXISTE

Queiroz é alvo de operação comandada pelo Ministério Público no Rio. Agentes estão em endereços de Queiroz e de outros ex-assessores de Flávio Bolsonaro, entre eles, parentes de Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro. A Folha assegura que é verdade. Desta vez não são nem a polícia nem o Ministério Público comandados por

A vez do entregador de gás?

Com a decisão do Supremo que libera os dados do antigo Coaf para investigações, vai começar tudo de novo. Queiroz, laranjas, milicianos, Flavio Bolsonaro, empréstimo de Bolsonaro para o Queiroz, depósito de Queiroz para a mulher de Bolsonaro. A família volta a ser notícia, até surgir um novo impasse que tranque tudo mais uma vez,

A carta de Getúlio e o voto de Toffoli

A carta-testamento de Getúlio Vargas, o mais dramático documento da política brasileira, pode ser lida em três minutos, sem nenhuma pressa. O gongórico voto de Dias Toffoli sobre o imbróglio do Coaf, que poderá livrar a cara de Queiroz, dos milicianos e de Flavio Bolsonaro, durou mais de quatro horas. No tempo usado por Toffoli,

A cocaína, Janot e o homem-mosca

Questões para uma quarta-feira em que o Supremo pode armar a grande gambiarra para salvar Sergio Moro e Deltan Dallagnol: Por que Eduardo Bolsonaro teme o depoimento de Manoel Silva Rodrigues, o sargento da cocaína, na Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados, presidida pelo próprio Bolsonaro? O que o sargento pode dizer que

Os Bolsonaros vencem mais uma

Flávio Bolsonaro e os milicianos conseguiram. O próprio Ministério Público pediu e seu caso sai da primeira instância e vai para um tal Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio. O processo será enviado pelo juiz Flávio Itabaiana de Oliveira Nicolau, da 27ª Vara Criminal, para o colegiado de 25 magistrados. O que vocês