Mais um vexame

Todos os jornalistas (menos os fascistas, os bolsonaristas e os fofos golpistas) são agredidos e ofendidos pela decisão do procurador da República Wellington Divino de Oliveira, que denunciou Glenn Greenwald por “invasão de celulares”. O Brasil 247 informa que o sujeito é um aliado de Sergio Moro, foi sargento do Exército por 13 anos, persegue

A cocaína, Janot e o homem-mosca

Questões para uma quarta-feira em que o Supremo pode armar a grande gambiarra para salvar Sergio Moro e Deltan Dallagnol: Por que Eduardo Bolsonaro teme o depoimento de Manoel Silva Rodrigues, o sargento da cocaína, na Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados, presidida pelo próprio Bolsonaro? O que o sargento pode dizer que

Não vai destruir mais

Sergio Moro assegura ao ministro Luiz Fux que não mandou destruir e não destruiu arquivos de mensagens encontradas com os hackers de Araraquara. Como o ex-juiz havia informado que eliminaria parte dos arquivos, e sua decisão foi confirmada e amplamente divulgada, é razoável que se pergunte: o material ainda está intacto? Quem assegura que está?

BOLSONARO DOBROU A GLOBO

A Globo insiste que esse cara, o pretenso chefe dos hackers, com essa fachada, filiado ao PFL, estelionatário, bolsonarista e militante da extrema direita armamentista, iria vender vazamentos da Lava-Jato para “autoridades” do PT. É o que o Jornal Nacional repete todos os dias e está repetindo agora. Como não conseguiu derrubar Bolsonaro, a Globo

DALLAGNOL E AS MULHERES VIOLENTADAS

Deltan Dallagnol, o procurador-palestrante que pretendia ficar milionário, vem usando uma analogia bolsonarista, machista e repugnante quando tenta comentar a ação dos hackers. Nas entrevistas que deu hoje, o procurador repetiu várias vezes que ele e Sergio Moro não podem ser punidos pelo que aconteceu, assim como uma mulher não pode ser condenada por ter

ABRAM TODAS AS CAIXAS DA LAVA-JATO

A pergunta que retumba desde ontem é esta: a Polícia Federal irá se livrar dos constrangimentos criados por Sergio Moro e finalmente investigar, com destemor e autonomia, os conteúdos das mensagens da Lava-Jato? A PF tem agora farto material a ser analisado. Qualquer aprendiz de jurista diz e todo o Brasil já sabe que investigações

OS HACKERS DE MOSCOU E DE TAUBATÉ

A informação que mais circula sobre os hackers presos é esta: são espiões de baixa qualidade, que fizeram uma intromissão tosca nos celulares ou nos arquivos de Sergio Moro e Deltan Dallagnol. Estamos diante de invasores de terceira categoria (um deles seria ligado ao PFL), que usaram baixa tecnologia para hackear informações das duas maiores