FICARÃO IMPUNES OS QUE DEBOCHAM DA VOLTA DA CPI DO GENOCÍDIO?

É longa e penosa a ressaca da CPI do Genocídio. O relatório da comissão, com o pedido de indiciamento de 81 figuras do bolsonarismo, foi aprovado em 26 de outubro e logo depois encaminhado ao Ministério Público. Cumpriu-se o roteiro mais pessimista e não aconteceu nada. Não acontece nada até agora contra Bolsonaro, generais, coronéis,

A CPI VAI AMARELAR E DESISTIR DO INDICIAMENTO DE BRAGA NETTO?

Uma figura da República, recolhida à discrição desde o 7 de setembro, pode reaparecer nos próximos dias. Mas só se estiver na lista da CPI do Genocídio, entre os acusados de envolvimento nos crimes da pandemia. É o general Braga Netto, ministro da Defesa, considerado o mais poderoso e fiel militar ao lado de Bolsonaro.