O JORNALISMO E A DEMOCRACIA PERDEM RENAN ANTUNES DE OLIVEIRA

Perdemos mais um dos grandes do jornalismo de combate. Renan Antunes de Oliveira morreu hoje aos 70 anos. Seu último trabalho, que não estava concluído, é uma série sobre os desmandos do véio da Havan, publicada no DCM. Conversamos menos de um mês atrás. Estava feliz com o transplante de rim que o havia livrado

O CABRA QUE NÃO CONSEGUIU SER CORONEL

Ciro Gomes tentou ser coronel do Nordeste, um coronel bacana, bem ‘muderno’, progressista nos costumes e vago e retórico em relação a questões essenciais da democracia, das lutas sociais e da economia. Não conseguiu, porque o coronelismo entrou em crise. Ciro saltou fora do ninho e decidiu então que se apresentaria como um cara de