DELÍRIO BOLSONARÍSTICO

Alguém acredita mesmo que as polícias militares dos Estados poderão desafiar até as Forças Armadas e dar sustentação ao golpe planejado por Bolsonaro, como andam falando? Alguém imagina que brigadianos possam se transformar em milicianos do bolsonarismo e se insurgir contra seus comandos, governadores, deputados, juízes, procuradores e tomar o poder nos Estados? Alguém acredita

MORO NÃO SE AFLIGE COM OS MILICIANOS

Sergio Moro ficou desconfortável na quarta-feira à noite, na entrevista ao programa Central GloboNews, ao ser apontado por um fã declarado como membro de um governo ligado a milicianos. Para atacar Bolsonaro, Merval Pereira abordou a morte do miliciano Adriano da Nóbrega na Bahia. Fez uma volta para chegar ao que seria a pergunta e

Quem pagava as contas

Enquanto Bolsonaro e os filhos tentam dar lição de moral em Dráuzio Varella, o Ministério Público do Rio divulga mais uma informação reveladora da turma que abraçava com força os Bolsonaros no Rio. E abraçava não uma vez, abraçava com frequência, inclusive em homenagens oficiais. Adriano da Nóbrega, o policial herói que Bolsonaro homenageou na

MORO FALA DE CAVEIRA E BOPE EM FESTA DE CASAMENTO

Sergio Moro conseguiu um feito inédito: discursou para falar de caveira e elogiar o Bope numa festa de casamento. Foi ontem, em Brasília, na cerimônia da deputada de extrema direita Carla Zambelli, do PSL de São Paulo, que se casava com o coronel Antônio Aginaldo de Oliveira. Hastearam a bandeira, cantaram o Hino, e Sergio

A LUTA CONTRA O MILICIANISMO BOLSONARISTA

Publico abaixo o trecho final do artigo do jurista e professor da FGV Oscar Vilhena Vieira, uma mente brilhante em meio às sombras desses tempos fundamentalistas. Está na Folha. É impossível fazer uma síntese melhor do que esta: “O desafio deste momento político, no entanto, não é lidar apenas com a dimensão reacionária e mesmo

BOLSONARO E OS FILHOS VIVEM COM MEDO

Bolsonaro e os três filhos formam a família mais poderosa e mais atormentada do Brasil. A mais acossada desde o Império. Bolsonaro simula que manda em quem quiser mandar, mas desconfia do porteiro do condomínio e teme os arquivos do major Olímpio, do delegado Waldir, de Bebianno e de Joice Hasselmann. Os filhos de Bolsonaro

MORO, O SUPREMO E AS MILÍCIAS

Todas as análises sobre o comportamento de Sergio Moro indicam que o ex-juiz não responderá às provocações de Lula porque ainda quer ser ministro do Supremo. Moro não fez referência direta a Lula, no tuíte em que afirma que não responde a criminosos. O ex-juiz tenta se cuidar, porque atritos políticos diretos podem prejudicá-lo. Mas