O GOVERNADOR, E NÃO O EXÉRCITO, DEVE IMPOR AUTORIDADE PARA EVITAR MOTINS

Está disseminada a tese de que o Exército deve intervir, não se sabe como, no processo de politização das polícias militares que fazem militância pró-golpe e ameaçam com motins. Toda a argumentação nessa linha é um equívoco, se examinada sob o ponto de vista das obviedades constitucionais ou sob o olhar subjetivo da política. E,

UM RECADO AOS QUE PLANEJAM MOTINS

Mais uma informação vinda da Bolívia, que pode interessar aos que sonham no Brasil com a transformação das polícias militares em estruturas bolsonaristas a serviço de motins contra os governadores e, mais adiante, como suporte até para um golpe. Desde o início de março, o Ministério Público pediu e a Justiça determinou a prisão de

ADIÓS, SERGIO MORO

Com o apoio dissimulado ao motim no Ceará, Sergio Moro enfrentará problemas numa eventual campanha em 2022. O nome do ex-juiz já está associado irremediavelmente a amotinados. Moro será citado para sempre, a partir de agora, como o ex-magistrado não só assustado com o caos promovido por policias militares. O ex-juiz foi brando, quase terno,