BOLSONARO, O NAZISMO E O ASSASSINO DAS UTIs

A comunidade judaica foi identificada, logo depois da eleição, como amiga do bolsonarismo. Muitos se acomodaram à vontade ao lado do sujeito que sempre teve suas atitudes associadas ao nazismo. Judeus de direita – e outros nem tanto – não tiveram nenhum constrangimento ao fazer a conexão entre Israel, o judaísmo e Bolsonaro. Todos teriam

A AGILIDADE DE UM JUDEU ATRASADO

Hélio Schwartsman, um dos principais colunistas da Folha, um dos defensores do golpe de 2016 e agora um dos jornalistas retardatários antiBolsonaro, apresenta-se também como pregador judeu indignado com os extremismos da família e seus cúmplices no poder. Com mais de dois anos de atraso, ele escreve hoje na Folha, deixando claro que se manifesta

A PERFORMANCE E A MORTE

É só uma provocação para meus amigos de todas as artes da representação. Há no olhar de Roberto Alvim, do início ao fim do vídeo que o derrubou, o brilho de quem se extasia com um experimento adiado por anos, talvez décadas. Alvim conseguiu o que poucos diretores conseguem, ele dirigiu a própria performance. Dito

TEM UM ZECÃO AÍ AO SEU LADO

Uma pergunta que vem do domingo e seguirá adiante durante toda a semana: por que o homem com a braçadeira da suástica, flagrado num bar de Unaí (Minas), não foi incomodado por ninguém? Há uma resposta da polícia militar. Os policiais se sentiram inseguros, porque não sabiam como lidar com o caso. Pregar o nazismo