O CRIME DA CLOROQUINA

É provável que Bolsonaro esteja fingindo tomar cloroquina, porque sabe que o comprimido pode matá-lo. Mas índios yanomamis de Roraima com certeza estão tomando o remédio produzido pelo Exército. Uma reportagem do Globo mostra a ação criminosa de equipes do Ministério da Saúde, do Ministério da Defesa e da Funai. O Ministério Público Federal já

A PREPOTÊNCIA DO GRÊMIO

O Grêmio decidiu treinar em Criciúma, porque não é permitido aglomerar jogadores em Porto Alegre. Se não pode treinar aqui, treina onde pode. Não sei se os atletas e as equipes técnicas e todo o suporte de pessoal vão de avião, ônibus ou helicóptero. Não interessa. O que importa é que o Grêmio vai fazer

OXFORD FEZ ACORDO COM QUEM TEM PACTO COM A PESTE

O governo é sustentado pela fúria de fundamentalistas religiosos, militares, negacionistas, golpistas e aliados de milicianos. Um ministro da Educação era analfabeto e odiava índios e chineses, o outro é acusado de forjar títulos e de plagiar textos acadêmicos. Bolsonaro debocha da ciência, o ministro do Meio Ambiente devasta a Amazônia, metade do governo acredita

A SANATA DO FASCISMO ARGENTINO

A extrema direita argentina tem o La Nacion e outros jornais conservadores para fazer lá o que o bolsonarismo faz aqui: combater o isolamento. A manchete do La Nacion durante toda a manhã foi esta: Os perigos que perseguem Alberto Fernández na quarentena sem fim. O La Nacion aliou-se aos que conspiram contra o isolamento

OS BOMBACHUDOS, A PESTE E O BOLSONARISMO

O líder dos prefeitos que ameaçaram se rebelar contra as medidas de contenção no Rio Grande do Sul deve fazer uma lista dos parceiros que decidiram boicotar as decisões do governo do Estado contra a pandemia. Todos os bombachudos negacionistas devem dar o nome e mostrar a cara. Em nome da transparência. A direita precisa

OS HOMENS DE BOLSONARO BLEFAM E RECUAM

Dois recuos do governo que provam que Bolsonaro blefa até na ameaça de golpe e ainda tenta ensinar seus subalternos a também blefarem. E todos fracassam como blefadores. Hoje, o governo não teve apenas duas revogações no mesmo dia. Teve duas derrotas de dobrar os joelhos. A primeira foi a desistência de transferir R$ 83,9

ESTADOS TAMBÉM ESCONDEM AS MORTES DA PANDEMIA

Uma reportagem da Folha de S. Paulo pode ajudar a explicar os baixos números (pelo menos nas estatísticas) de casos de Covid-19 em algumas capitais. Há poucos casos, como acontece em Porto Alegre, porque os números são irreais, segundo análise da Lagom Data, na qual se sustenta o texto da Folha. Essa é a suspeita:

ARMAS E MORTES

Um general e ministro da Saúde é apontado como mandante da tentativa de manipulação do número de mortes da pandemia. E Eduardo Bolsonaro infiltra-se no Exército para defender os interesses da indústria armamentista americana. São as manchetes dos jornais hoje, terríveis para a imagem das Forças Armadas. A tentativa de esconder as mortes é parte