Bateu o cansaço com tanto fascismo

É quase hipnotizante o desejo de ver a vitória das esquerdas na França como a chance de nacionalizar por toda parte a contenção do fascismo, desde que se tenha a ajuda de um certo centro altruísta. É a nova tentação mundial, que também vai tentar os brasileiros. É a possibilidade que passa a ser medida

O poder das mulheres bolivianas

Uma mulher é a segunda pessoa mais poderosa do Movimento ao Socialismo (MAS) boliviano. Na hierarquia do MAS, ela só perde para o presidente do partido, Evo Morales. É Elizabeth Paco (foto), que presidiu a Federação das Mulheres Interculturais e foi eleita nessa quarta-feira para o cargo no congresso nacional do MAS. Outra mulher, Eliana

SÓ DIREITA E EXTREMA DIREITA SE RENOVAM

A eleição deste ano promete aprofundar um fenômeno nem tão recente. Direita e extrema direita tiram novos candidatos como coelhos da cartola, e as esquerdas sofrem para ter o mínimo de renovação. Até Fabrício Queiroz, chefe das rachadinhas dos Bolsonaros, é pré-candidato a alguma coisa que ele irá escolher mais adiante, talvez a deputado federal

Machismos e mulheres

Um quadro para os que pretendem manifestar alguma homenagem às mulheres amanhã. Antes de levarem chineladas com saudações fofas (e devem levar mesmo), olhem estes dados sobre a participação da mulher na representação política do parlamento federal. Os índices são de pesquisa do IBGE. Entre 192 países, o Brasil ocupa a 152ª posição em representação