PREFEITOS PEDEM A VACINA COMO QUEM PEDE ESMOLA

Foi frouxa a defesa que os prefeitos empossados na sexta-feira fizeram da urgência da vacinação contra a Covid-19. Foi uma defesa protocolar, quase envergonhada e medrosa. Os prefeitos não enfrentam Bolsonaro, que comanda a enrolação da vacina sem obstáculos e resistências. Nem os governadores têm coragem para desafiar a inércia criminosa do governo. Nesse cenário