DELEGADOS, JUÍZES E BANDIDOS

Um delegado que era da elite da polícia do Rio, Fernando Moraes Alves (foto), da Divisão Anti-Sequestro, foi preso no esquema de propinas de Crivella. E aí surge sempre aquela afirmação tola de que um delegado virou bandido e passou a desfilar em carrões. Não. É o contrário. O bandido, que estava apenas adormecido à

O JANTAR DE R$ 10 MILHÕES

Finalmente vão investigar o jaburu-da-mala no famoso caso do jantar de maio de 2014 em que Marcelo Odebrecht acerta a ‘doação’ por fora de R$ 10 milhões que seriam para o PMDB. Não seria propina, seria doação. O jaburu era vice-presidente da República e presidente do PMDB. R$ 6 milhões seriam encaminhados para a campanha

A PROPINA DA GLOBO

Está protocolada no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) uma representação em que PT, PDT e PSOL acusam a rede Globo de ter ferido a concorrência no caso de propinas da Fifa. Os partidos também acionaram a Procuradoria-Geral da República para que investigue o crime denunciado por um delator. E ainda pediram ao Ministério da

O veneno da direita pega a família de Aécio

Poucos políticos comemoram tanto a caçada a Lula e aos parentes de Lula quanto Aécio Neves. No dia 4 de março, quando Lula foi surpreendido em casa pela Polícia Federal, no famoso episódio da condução coercitiva, também Fábio Luiz da Silva, filho de Lula, foi alvo das batidas da PF. A partir dali fechou-se o cerco

Acredite: vão ouvir Aécio

Aécio Neves finalmente será ouvido sobre o caso de Furnas. É quase inacreditável. A decisão é do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que há uma semana pediu mais tempo para investigar o tucano. Em maio, fará um ano que Aécio está sob investigação do Ministério Público por suspeita de receber propinas de Furnas (já foi

As propinas na obra de bilhões de Aécio Neves

Vai e volta e a imprensa redescobre as histórias escabrosas de Aécio Neves. Hoje, a manchete da Folha é sobre as propinas que ele negociou com a Odebrecht, quando era governador de Minas, para construção da Cidade Administrativa, a nova sede do governo. A obra custou apenas R$ 2,1 bilhões em 2010. É preço de