O inventor do Mussolini de Maringá

Rui Costa Pimenta, jornalista do PCO, e não Reinaldo Azevedo, é o autor do apelido de Sergio Moro como Mussolini de Maringá. Era só o que faltava os ex-golpistas se apropriarem das ideias do pessoal da esquerda, como Carluxo tenta se apropriar da imagem de Luther King. A direita é predatória. Daqui a pouco eles

POR QUE OS ESTUDANTES NÃO CONSEGUEM DERRUBAR ESTE SUJEITO SEM PREDICADOS?

Abraham Weintraub conseguiu escrever um texto de algumas linhas no Twitter, em que ataca Reinaldo Azevedo, sem um erro de português. O estilo é único, inovador, revolucionário, atrevido, com a repetição de exclamações, sem o uso de vírgulas, o que dá uma surpreendente sonoridade ao texto. Weintraunb é o Joyce do bolsonarismo. Deliciem-se com a

O EX-BOLSONARISTA É INSUPORTÁVEL

A nova praga nacional é a celebridade ex-bolsonarista. Há enxames de ex-bolsonaristas famosos por toda parte. Lobão, Janaína, delegado Valdir, Reinaldo Azevedo, Fagner, Frota, Joice Hasselmann. Mas o ex-bolsonarista comum não se revela, porque é um tímido. Ele sabe que entrou numa fria, mas não pode dizer que se arrependeu, porque vai virar assunto na

Veja e seus leitores se merecem

Editorial da Veja lamenta que os grampos ilegais se alastrem na Lava-Jato e pede que os direitos individuais sejam respeitados. A imprensa golpista aposta na ignorância da classe média para produzir textos como este. Veja foi uma das grandes beneficiadas por grampos e vazamentos seletivos de delatores contra Lula, Dilma e o PT. Agora, Veja,

O cinismo do confidente de Andrea Neves

Há mais de dois meses, no dia 19 de março, a jornalista Paula Cesarino Costa, ombudsman da Folha de S. Paulo, denunciou em sua coluna que procuradores federais vazavam informações da chamada lista de Janot. A lista tinha os nomes dos políticos delatados por corruptores. Ninguém fez nada. O procurador-geral Rodrigo Janot disse que não havia

E a entrevista?

Se Reinaldo Azevedo estava atuando como repórter, quando conversou com Andrea Neves e foi grampeado, num momento delicado das investigações que levariam a tucana à cadeia, onde está entrevista que ele fez? O que Andrea Neves disse a Reinaldo Azevedo que possa ser publicado, mesmo que com atraso? Ou Reinaldo Azevedo conversou com uma investigada

Jornalismo?

A ironia presente no caso Reinaldo Azevedo é a exaltação da Constituição para a defesa de um vândalo do jornalismo. Este sujeiro nunca se preocupou com a preservação da intimidade e dos direitos individuais dos que ele caça compulsivamente. Azevedo é um amiguinho confidente na conversa com Andrea Neves grampeada pela Polícia Federal. Não é