TOFFOLI, ALCOLUMBRE E MAIA TÊM SEIS DIAS

Esta semana é decisiva para que os comandantes do Supremo, do Senado e da Câmara digam se têm suportes político e institucional suficientes para enfrentar Bolsonaro. O protesto que mexe com a autoridade de todos eles está marcado para domingo. São seis dias para firmar posição. Dias Toffoli, Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia têm seis

BOMBAS, BENGALAS E TRAVESSEIROS

Duas bombas no bolsonarismo, as duas na Folha, que vem rearticulando forças contra a extrema direita. A primeira: Álvaro Antonio, o ministro do Turismo do esquema de laranjas em Minas, era guarda-chuva do esquema geral de caixa 2 de Bolsonaro, segundo um assessor do mineiro. Por isso Bolsonaro, que rifa até generais inimigos de Carluxo,

PRODUTO NACIONAL

O Brasil branco, racista, fascista, homofóbico, armamentista, que mistura a Avenida Paulista com grileiros e jagunços da Amazônia, deve discordar de Rodrigo Maia quando ele diz que Bolsonaro é “produto dos nossos erros”. Esse Brasil arcaico, que sempre explorou medos e ignorâncias, deve achar que Bolsonaro é na verdade a criatura perfeita. Bolsonaro não é

A DIREITA PLAGIADORA

Alexandre de Moraes chegou ao Supremo sob a acusação de ser um jurista plagiador. Seu livro ‘Direitos Humanos Fundametais’ tem longos trechos de ‘Derechos Fundamentales y Principios Constitucionales’, do jurista espanhol Rubio Llorente. Agora, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, acusa Sergio Moro de ter plagiado um projeto anticrime de Moraes, ao elaborar seu pacote