A TAREFA DE MICHEL É DESTRUIR BOLSONARO

Michel Temer continua espalhando informações que desmoralizam Bolsonaro e constrangem a militância de extrema direita. Temer fez esta semana, em participação virtual do Fórum Liberdade e Democracia, mais uma declaração que denuncia o acovardamento de Bolsonaro. Fica claro, na conversa com Alexandre de Moraes, depois dos atos golpistas de 7 de setembro, que Bolsonaro pediu

PROCUREM OUTRO MITO

O Bolsonaro que existiu até o 7 de setembro não existe mais. Pode até tentar se reabilitar, depois do acovardamento e do pedido de trégua apadrinhado por Michel Temer, mas não será mais o mesmo. O sujeito que pode sobreviver será apenas um Bolsonaro requentado. Procurem outro mito. É o tema do meu texto no

QUAL FOI O BOLSONARO QUE SOBROU?

Este Bolsonaro descontraído, debochado e agressivo desta foto continuará existindo depois do acovardamento e da nota em que bajula Alexandre de Moraes? Abaixo, perguntas elementares motivadas pelo pedido de trégua do indivíduo e das muitas dúvidas acionadas pelo que pode vir a ser o novo Bolsonaro: 1. Até quando Bolsonaro irá ficar apenas se explicando

BOLSONARO FOI HUMILHADO POR ALEXANDRE DE MORAES

Depois de ouvir o pedido de trégua de Bolsonaro, Alexandre de Moraes não precisa perder tempo pensando no que deve fazer. Não há encruzilhadas. Só há um rumo bem iluminado diante do ministro: seguir em frente. Moraes não precisa mais provar a ninguém que não teme Bolsonaro e a estrutura militar e miliciana que o

SÓ HÁ UMA SAÍDA PARA A GLOBO

Pode parecer, na briga com Bolsonaro, que os compromissos da Globo são com a democracia, a pluralidade e com as liberdades. Não são. Os compromissos da Globo são com os interesses da Globo, ameaçados como nunca pela ascensão de Bolsonaro. Por isso é estranha a notícia de que a família Marinho e a família Bolsonaro