Teremos um dia um tucano delator?

O juiz Sergio Moro pode estar perto da chance de prender tucanos e, quem sabe, ouvir as primeiras delações desse pessoal que é muito delatado, mas nada delata, porque nunca pega cadeia.

Aécio Neves e José Serra poderiam ser hóspedes de Moro em Curitiba, informa a Mônica Bergamo na Folha de hoje. É só o Supremo decidir, como pretende o ministro Luís Roberto Barroso, reduzir o alcance do foro privilegiado de deputados, senadores e ministros.

Barroso entende que o foro deve ser apenas para crimes cometidos durante e em razão do exercício do cargo. Quem cometeu crime antes de assumir como senador, por exemplo, que é o caso de Serra e Aécio, seria julgado pela primeira instância.

Os dois foram denunciados na lista Janot-Fachin pelo recebimento de propina, que o PSDB chama apenas de caixa 2.

Os outros ministros do Supremo ainda devem se manifestar sobre a tese de Barroso. Se a ideia prosperar, Aécio e Serra (hoje com o foro do Supremo) cairiam nas mãos de Moro.

Já dá para imaginar Serra e Aécio delatando os parceiros, se é que um dia eles serão presos. Moro costuma justificar prisões preventivas sempre com o argumento da preservação das provas. Tem gente presa há mais de ano, até que uma hora sai delatando.

Como os atuais delatores se repetem, sempre apontando na direção de Lula, Dilma e outros do PT, seria bom diversificar um pouco.

Eu imagino um tucano dizendo o que sabe sobre as falcatruas que cometeram e cometem (metrô, merenda, Furnas etc), sem que nunca sejam punidos.

Seria coisa de circo. Mas sei que às vezes fico imaginando situações sem fundamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


6 + 7 =