UMA DECISÃO HISTÓRICA

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul deve tomar hoje à tarde uma decisão histórica, no momento que as eleições são atacadas e desrespeitadas pela extrema direita.

O TRE julga o processo em que Luciano Hang, que se apresenta como véio da Havan, é acusado de abuso de poder econômico na campanha eleitoral de Santa Rosa, em 2020.

O véio prometeu abrir uma filial na cidade, pediu votos para o candidato do PP Anderson Mantei, atacou o PT e deixou claro que, sem a vitória de Mantei, a loja não sairia. Tudo isso no dia 11 de novembro, a quatro dias da eleição.

O processo é por abuso de poder econômico, e o véio pode ter os direitos políticos cassados por oito anos.

Mantei venceu e até hoje a loja não saiu. O prefeito também pode ser condenado no mesmo processo, por abuso de poder político, o que provocará a convocação de nova eleição.

A ação por ilícito eleitoral foi apresentada em 2020 em nome de Orlando Desconsi, candidato do PT na eleição, pelos advogados Marcelo Gayardi Ribeiro, Marcio Medeiros Felix e Christine Rondon Teixeira.

Se a decisão for favorável ao parecer do Ministério Público Eleitoral, as condenações serão exemplares, porque representarão a punição do uso abusivo do poder econômico e político às vésperas de uma eleição que promete ser tumultuada.

O TRE gaúcho pode contribuir para a contenção da imposição do dinheiro na política brasileira, com a advertência a todos de que nem tudo pode ser comprado ou vendido pelos que detêm poder econômico.

A opção pela absolvição, que é considerada improvável, abriria a porteira para a boiada com dinheiro e todo tipo de desmando.

O véio da Havan, que defende o que disse e fez como liberdade de expressão, enfrenta outro processo semelhante em Bagé, quando fez a mesma promessa, no mesmo dia 11 de novembro.

O personagem é o mesmo investigado por disseminação de fake news na eleição de 2018 e na pandemia e envolvido em dezenas de outros processos em que é acusado ou acusador.

One thought on “UMA DECISÃO HISTÓRICA

  1. Véio velhaco. Além do abuso de poder econômico, prometeu e não abriu essa loja que só vende quinquilharias.
    Que seja condenado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


1 + 4 =