Verde?

O Partido Verde foi a grande ilusão de quem esperava fortalecer e politizar por aqui a militância ambientalista em moda na Europa.

Foi um fracasso. Seus primeiros líderes, como Fernando Gabeira, se bandearam alegremente para os braços da direita. Nem vou falar de Marina Silva… Poucos mantêm a coerência dos anos 80.

Hoje, o Partido Verde no Brasil poderia se chamar amarelo, roxo ou cor de rosa, porque seria tudo a mesma coisa.

Mas não deveria, por respeito ao eleitor, continuar se chamando Partido Verde.

Um partido que se considera verde não poderia nunca votar pela derrubada de uma fundação que defende as árvores, os bichos e o ambiente.

Na votação do Pacote das Bombas ontem, na última hora, quando poderia marcar uma posição heroica, com seu único voto, o Partido Verde amarelou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


6 + 5 =