O NOVO GAÚCHO DO JABURU

Esqueçam Cunha, esqueçam Geddel e esqueçam até o Padilha. O grande personagem da República do Jaburu a partir de agora chama-se Carlos Marun.
Muitos ainda não associaram o nome à figura. Marun é o sujeito aquele da dancinha do “tudo está no seu lugar”, gravada em vídeo depois que a Câmara rejeitou autorização para que o Quadrilhão fosse denunciado pela Procuradoria-Geral da República.
O gaúcho que assume esta semana a poderosa Secretaria de Governo é ohomem da hora da direita jaburense. Marun vai articular as barganhas do jaburu com o Congresso.
Vai fazer mais. Será dele a tarefa de ir à forra contra o Ministério Público que tentou pegar o jaburu. Ele já anunciou que Janot e a cúpula do MP devem ser processados por terem perseguido seu chefe.
Marun era homem de Eduardo Cunha e passa a ser homem forte do jaburu. Padilha, Moreira Franco e outros da tropa de choque são fichinha perto de Marun.
O indivíduo está sendo processado por irregularidades cometidas quando era presidente da Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul. Ele e outros 10 foram denunciados por envolvimento em rolos que somam R$ 16,6 milhões.
O processo é de 2013 e corre na Justiça do Mato Grosso do Sul no ritmo de quase tudo que envolve a direita.
Marun é mais um nome para depreciar a já desqualificada imagem do Rio Grande do Sul. Foi eleito por Mato Grosso do Sul, mas nasceu em Porto Alegre. Que fase a nossa.

One thought on “O NOVO GAÚCHO DO JABURU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


2 + 8 =