Trump está escapando. Bolsonaro pode escapar?

Dois dias depois da performance desastrada de Biden no debate com Trump, no final de junho, a Suprema Corte americana anunciou que o republicano tinha imunidades quando ocupou a Casa Branca. Inclusive para cometer o que se configura não só como desmandos, mas como crimes graves. Na sequência, dois dias depois do atentado na Pensilvânia,

As revelações da ex-advogada de Flavio em entrevista à DCM TV

Não me lembro de ter usado alguma vez a palavra estarrecedora em nenhum texto. Vou usar agora. É estarrecedora a entrevista da advogada Juliana Bierrenbach ao Kiko Nogueira e ao Pedro Zambarda, agora há pouco, na DCM TV. Pelos detalhes da reunião mafiosa no Palácio do Planalto em agosto de 2020, para proteger Flavio Bolsonaro,

Todos os crimes da extrema direita se transformam em controvérsias

Se novas gravações fossem encontradas no computador de Alexandre Ramagem, revelando uma conversa em que Bolsonaro determina devassa na vida Alexandre de Moraes, teríamos o quê? Teríamos mais uma questão para análise dos especialistas. Porque vivemos a hegemonia dos pensadores, operadores e palpiteiros do Direito aplicado nos pântanos da hermenêutica brasileira. Se Bolsonaro dissesse: quero

Advogadas são a única surpresa da reunião para salvar Flavio

Não há surpresa nenhuma nas participações e nas falas de Bolsonaro, de Augusto Heleno e de Alexandre Ramagem na reunião em que eles articulam a sabotagem das investigações contra Flavio Bolsonaro, em agosto de 2020. Há outros fatos graves envolvendo os três. E Heleno e Bolsonaro já foram ‘grampeados’ em outras ocasiões, com intervenções golpistas,

800 artigos no Brasil 247

Cheguei hoje à marca de 800 artigos publicados no Brasil 247, desde o dia em que, há quase cinco anos, fui convidado a escrever para o jornal pelo Leonardo Attuch. Compartilho abaixo o link desse texto 800, que trata da impunidade dos grandes fascistas, que não sofreriam atentados se estivessem presos. https://www.brasil247.com/blog/quando-o-facinora-esta-livre-para-virar-heroi

O atentado não existiria, se a Justiça não se acovardasse diante de Trump

Perguntem a um macaco amestrado da Pensilvânia, com todo o respeito pelos macacos, por que Trump é o facínora que vai virar herói. Façam a mesma pergunta sobre o que levou Bolsonaro a anunciar, logo depois do atentado, que irá à posse de Trump. O macaco vai dar a mesma resposta às duas perguntas: as