BOLSONARO ESTÁ NO MODO MANDRAKE

Há um esforço inútil da grande imprensa, mesmo a declaradamente antibolsonarista, para definir a atual situação de Bolsonaro como uma estratégia. O sujeito teria se aquietado porque tem método. Bolsonaro está na verdade no modo Mandrake. Não há método algum. Bolsonaro foi paralisado pela sequência de fatos, incluindo declarações e decisões, principalmente vindas do Supremo,

A ARGENTINA PERDEU O MEDO DE ENQUADRAR SEUS GENERAIS

A democracia brasileira aprenderia muito com os argentinos, se prestasse atenção no que eles continuam fazendo para manter golpistas civis e militares sob controle. Eles não têm na Constituição nenhum artigo 142 que permita leituras enviesadas sobre golpismo. Não existe nada parecido com esse debate fajuto que consome os brasileiros sobre o presumido poder moderador

GLOBO PROVOCA OS MILITARES

A grande imprensa vai chegando atrasada à conclusão de que o golpe tão anunciado por Bolsonaro é uma farsa. Mas o tom do editorial de O Globo hoje, em que a família Marinho anuncia o esfarelamento do poder de Bolsonaro, é mais do que um deboche de página inteira contra o sujeito que finge governar

O PLANO DE RETIRADA

Prenderam Sara Winter e agora pegaram Fabrício Queiroz. São frentes diferentes, mas o roteiro é um só. Se a sequência tiver alguma coerência, os próximos serão os garotos. Que não serão presos, mas podem ter as portas pedaladas numa madrugada fria, antes da primavera. Teremos cenas terríveis diante dos generais. Os militares, sempre tão cuidadosos,

O MAIS COMPLICADO É MANTER O GOLPE

Amplia-se a suspeita de que as esquerdas acreditam muito mais na possibilidade de golpe do que a direita. Para a direita, o golpe pode ser apenas um blefe permanente, que manterá os inimigos assustados e os aliados sempre de prontidão. Bolsonaro e sua turma vão sobreviver politicamente, enquanto for possível, dos medos provocados pelo blefe.

10 PERGUNTAS SOBRE O GOLPE

1 – Quem anunciará nas redes sociais o golpe planejado por Bolsonaro, considerando-se que vivemos um tempo em que tudo precisa ser anunciado? Será pelo Twitter? 2 – O Congresso será fechado, e o governo passará a impor o golpe por decretos, medidas provisórias e atos institucionais? 3 – Haverá intervenção no Judiciário, para que

O QUE AS FORÇAS ARMADAS PODEM FAZER PARA SALVAR BOLSONARO

Esta semana, o ministro Dias Toffoli disse que os outros poderes não podem continuar aceitando as “atitudes dúbias” de Bolsonaro, ao falar da necessidade de diálogo e respeito entre Executivo, Legislativo e Judiciário. Nesta sexta-feira à noite, Bolsonaro, o vice-presidente, Hamilton Mourão, e o ministro da Defesa, Fernando Azevedo, largaram uma nota que pode ser

OS GENERAIS, O CABO E A IMAGEM DAS FORÇAS ARMADAS

Há um consenso entre os democratas. Bolsonaro conseguiu envolver os militares numa empreitada em que tudo, e não só a perspectiva ameaçadora de um golpe, conspira contra a imagem das Forças Armadas. Como parecem estar à vontade, uma pergunta deve ser feita: quem, entre os generais aliados de Bolsonaro, estaria de fato preocupado em evitar

OS MEDÍOCRES, AS ARMAS E O GOLPE

O roteiro continua sendo escrito pelo grande escritor Imponderável de Almeida. O presidente da mais alta Corte do país adoece, é internado e operado e está com sintoma de Covid-19, mas não tem Covid-19. O presidente da República visita o xerife que pode apontar os crimes que ele cometeu e desencadear um processo com desfecho

BOLSONARO, O GOLPE E O BAIXO CLERO FARDADO

O professor Ricardo Galvão, do Instituto de Física da USP, demitido da direção do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) em junho, depois das advertências sobre a devastação da Amazônia, tem uma abordagem interessante sobre os possíveis limites da adesão dos militares às loucuras de Bolsonaro. Galvão identifica um “baixo clero militar” no entorno de