ALERTA AOS GOLPISTAS: TODAS AS APOSTAS DE BOLSONARO FRACASSARAM

Bolsonaro caminha na direção do seu mais monumental fracasso, ao apostar de novo, como último e desesperado recurso, que uma reação armada das polícias militares irá salvá-lo “em caso de ruptura institucional”. É a saída que o sujeito enxerga diante da derrota para Lula no primeiro turno. Renova-se sua aposta no caos que vem sendo

BOLSONARO QUER INVENTAR A APURAÇÃO TABAJARA

Alguém acredita mesmo que os militares sejam capazes, como deseja Bolsonaro, de realizar uma apuração paralela de votos na eleição? Se acredita, deve dizer em detalhes como esse sistema funcionaria à margem da estrutura oficial. O que significa uma apuração paralela? Os militares fariam as tais totalizações? De seções? De cidades, de Estados? Fariam apuração

AS QUADRILHAS DE FAKE NEWS COMANDADAS POR MILITARES

Bolsonaro transformou militares em milicianos digitais que espalham fake news sobre a Amazônia. Grupos que mantinham perfis falsos no Face Book e foram desmantelados pela gestão da própria rede social, como mostra reportagem do DCM, que compartilho, com link logo abaixo: https://www.diariodocentrodomundo.com.br/militares-controlavam-perfis-falsos-que-espalhavam-mentiras-sobre-a-amazonia/

OS FRACASSOS DA GERAÇÃO DOS GENERAIS DE BOLSONARO

A elite militar que trabalha para Bolsonaro pode ter feito, pela avaliação de entendidos, boas gestões de quartéis e de planejamento tático e estratégico das suas atividades estritamente castrenses. Mas essa elite fracassou, e fracassou muito, quando se meteu em áreas que nem os marechais e generais e seus gênios civis da ditadura dominavam. Os

BOLSONARO É O HOMEM-BOMBA

Todas as dinamites do arsenal de desatinos que Bolsonaro carrega na cintura tiveram a contribuição de fornecedores diversos, alguns camuflados, mas a maioria assumidamente cúmplice da cena que poderemos ver mais adiante. A direita tucana, a direita sem grife, a direita bandida, o centrão, a Globo, a Fiesp, os banqueiros, os empresários que o aplaudem

OS RECADOS DO RECRUTA

Vamos imaginar a cena a seguir com o máximo de realismo, para que seja verossímil e não apenas uma fantasia ou um delírio pré-golpe. Na cena, o presidente do Bradesco telefona para a sala de estagiários de comunicação (que ainda não foi totalmente terceirizada e presta serviços diretos dentro do banco) e diz que deseja

O VAZAMENTO DO VÍDEO DO HOMEM DO BRADESCO

A explicação do Bradesco para o vídeo militar do seu presidente, Octavio Lazari Júnior, não ajuda muito. A assessoria de imprensa do banco enviou nota à Folha, com essa desculpa: “O atual comandante do quartel onde ele serviu o convidou para um almoço e Octavio gravou esse vídeo. Algo pessoal, apenas para entregar ao comandante”.

POR QUE O GOLPE TEM TUDO PARA DAR ERRADO

1 – Bolsonaro não esconde mais que já aposta com firmeza na possibilidade de impedir a eleição, ao perceber que será derrotado no primeiro turno. O plano de evitar o fiasco de uma derrota desmoralizadora se sustenta no projeto de disseminação de caos e violência, com ações isoladas que podem funcionar como faíscas e se

O MINISTRO BARROSO FEZ A COISA CERTA

Sem a vara curta do ministro Luis Roberto Barroso, naquele 24 de abril, muitas falas e atitudes golpistas estariam sendo adiadas. Teríamos só mais adiante alguns movimentos decisivos para que se enxergue melhor o cenário e sejam expostos à luz os protagonistas e alguns coadjuvantes da ameaça de golpe. Quando Barroso disse que as Forças

QUEM TEM MEDO DOS MILITARES E DOS MILICIANOS

Se até parte das esquerdas entregou-se ao fatalismo de que vai ter golpe, e se o Brasil está resignado desde 2016, o que será de nós com Bolsonaro, militares e milicianos com poder absoluto?  O fatalismo precisa levar em conta o ingrediente essencial de um golpe. Todos os outros componentes, que vão determinar a intensidade e