Vossas excelências sabem que a mordaça do STF não punirá a empresa, mas o jornalista

Folha, Globo e Estadão entregariam tudo o que têm e ainda ficariam devendo, se fossem responsabilizadas na Justiça por todas as mentiras que publicam saídas da boca dos outros. Mas esse risco não existe, mesmo que o Supremo tenha decidido que também os órgãos de imprensa divulgadores de informações falsas e difamatórias, ditas por terceiros,

Estadão pede foro privilegiado para o jornalismo que bajula a extrema direita

É bem bobinha a tentativa de transformar em controvérsia ética a divulgação de críticas ao Estadão com fotos da jornalista Andreza Matais. Andreza é editora do jornal e lidera a equipe encarregada de dar vida, fazer andar e transformar em ameaça à humanidade a agora famosa dama do tráfico. É boba, é colegial, é infantil,

A MENINA COM BRINCO NO MEIO DA GUERRA

Shahed Al-Banna, que virou correspondente de guerra em Gaza, é a primeira palestina a ter rosto, nome, identidade e história na cobertura da TV brasileira. A moça de 18 anos trabalha de graça para a Globo, fazendo o que nenhum repórter do chamado mundo ocidental conseguiria fazer, enquanto a própria Globo diz que Israel bombardeia

A fantástica história do infiltrado bolsonarista

Esta é a grande interrogação sobre a fantástica história de Luiz Carlos Braga, demitido do cargo de editor-chefe da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC): como o jornalista chegou a essa alta função, além de virar apresentador da TV Brasil, se nunca viu ditadura no Brasil de pós-64 e ainda é admirador de Bolsonaro? Como alguém