O ROTEIRO DE UM PROVÁVEL CRIME

Bolsonaro viajou aos Estados Unidos com uma grande comitiva e retornou ao Brasil no dia 11 de março. A partir daí, acontece a sequência de fatos que podem ajudar a esclarecer o mistério dos laudos de Bolsonaro sobre o coronavírus. O sujeito se nega a entregar os dois laudos de exames anunciados oficialmente, o que

O que Vera Magalhães escreveu sobre Bolsonaro em 2018

Vera Magalhães errou quase tudo o que escreveu sobre Bolsonaro no Estadão, a uma semana do segundo turno da eleição de 2018. Hoje, por finalmente ter acertado como jornalista, é considerada inimiga pelo pai e pelos filhos. Vera somente virou desafeta da extrema direita no poder por ter divulgado que Bolsonaro se encarregou de passar

MORO AINDA ESTÁ PENSANDO

Se tivessem tempo, quase todos os procuradores alinhados com a Lava-Jato teriam defendido a operação atacada pelo ministro Dias Toffoli. O presidente do Supremo disse em entrevista ao Estadão que a Lava-Jato quebrou empresas investigadas. Deltan Dallganol rebateu no Twitter: “Dizer que a Lava Jato quebrou empresas é uma irresponsabilidade. Primeiro: é fechar os olhos

A RESISTÊNCIA DO JORNALISMO

Os ataques de Bolsonaro à jornalista Constança Rezende, do Estadão, com a publicação de mentiras já denunciadas, só pode provocar uma reação. Que o jornalismo resista às mentiras de Bolsonaro com mais jornalismo. O bolsonarismo ressuscitou os jornais, a ponto de fazer com que um diário reacionário e golpista como o Estadão tenha voltado a

‘Tenho receio sobre o futuro dos direitos humanos no país’, diz procurador federal

Foto de Dida Sampaio/Estadão Entrevista a Teo Cury / O Estado de S.Paulo BRASÍLIA – Procurador federal dos Direitos do Cidadão, Domingos Sávio Dresch da Silveira, de 56 anos, avalia que adotar o encarceramento indiscriminado como política de segurança pública “nunca foi e não é a solução”, além de ser “muito caro”. Ocupando o segundo

Esgotado

Márcio Adriano Anselmo, o delegado federal que decidiu abandonar a Lava-Jato, “por esgotamento físico e mental”, é conhecido de todos nós. Ele fazia parte da turma de delegados de Curitiba mostrados em reportagem da jornalista Julia Duailibi, do Estadão, em 13 de novembro de 2014. Ele e outros colegas ficaram famosos torcendo por Aécio na eleição