VENCEMOS O VÉIO DA HAVAN

Esta notícia é uma vitória do jornalismo que não se entrega e não teme os poderosos. Não é uma vitória só minha e do DCM. Vencemos, o DCM e eu, a primeira das ações usadas pelo autoproclamado véio da Havan para tentar nos calar. Transcrevo abaixo a notícia do DCM e agradeço aos que foram

O JORNALISTA DO SÉCULO 19 E A MISS DE 2022

Leiam o que escreveu hoje no Globo Merval Pereira, 72 anos, jornalista, trabalhador de um ambiente cada vez mais inóspito para os idosos, tentando comparar, com seu ultrarreacionarismo, Lula com Bolsonaro: “Trata-se de uma disputa entre um líder envelhecido, que não fez um aggiornamento, contra outro, envilecido, ambos recuando no passado numa máquina do tempo

JÁ ESTÃO NO COLO DE BOLSONARO

É explícito, declarado, juramentado e desavergonhado o movimento dos comentaristas, analistas e especialistas de alguma coisa da grande imprensa procurando o colo de Bolsonaro. Quase todos passaram a ‘entender’ a reação de Bolsonaro e dos militares às decisões de Alexandre de Moraes e do colegiado sobre Daniel Silveira e a fala de Luis Roberto Barroso

QUEM PASSA O PANO E QUEM NÃO TEME OS GENERAIS

Globo e Folha, que devem estar a caminho de uma encruzilhada com uma escolha difícil em outubro, se saíram bem na passada de pano para os militares que teriam sido ofendidos pelo ministro Luis Roberto Barroso. Vale a pena ver como se comportaram três dos mais importantes colunistas dos jornais. Leiam como dois deles iniciaram

PARA GLORIA MARIA, O RACISMO É DOR E AMARGURA DE CADA UM

A entrevista de Gloria Maria ao Roda Viva foi um desastre pessoal e uma tragédia para os que contam com a voz das celebridades para reforçar o combate ao racismo. Para a jornalista da Globo, o racismo enfrentado pelo “outro” (ela se referiu às outras pessoas negras como “o outro”) não é problema dela, porque

ESTES SÃO OS BRASILEIROS NA GUERRA

São fotógrafos os correspondentes brasileiros que estão dentro da guerra na Ucrânia. Fotógrafos que fazem jornalismo são muitas vezes as mais importantes testemunhas num conflito. Desta vez, destacam-se dois profissionais que não fazem o papel do repórter clássico narrador, que conta o que vê de acordo com os padrões ditos tradicionais. Esses dois são homens

LUÍS COSTA PINTO E O RECADO A ILUDIDOS E OPINIÁTICOS PRÓ-PUTIN

O artigo do jornalista Luís Costa Pinto, diretor de redação do Brasil 247, sobre o que tem sido dito a respeito da ”jogada de mestre de PutIn” na invasão da Ucrânia, é um dos textos mais incisivos escritos até agora sobre os entusiastas da guerra e adoradores do líder russo. Abaixo, o link para o

UMA BRASILEIRA EM KIEV

O jornalismo destemido em tempos de conflitos e ameaças de guerra é para poucos. É o caso da jornalista Sara Vivacqua, que o DCM enviará à Ucrânia. Sara viajará de Londres para Kiev, mas o projeto depende de todos nós, no sistema colaborativo de arrecadação via crowdfunding, consagrado pelo jornalismo alternativo. O link para acesso

O CERCO AO JORNALISMO

Por que o véio da Havan tenta calar jornalistas e adversários com mais de 60 ações na Justiça? Ele se acha dono do Judiciário? É o que iremos debater neste domingo, às 17h, na DCMTV. Com participações especiais do presidente do Instituto dos Arquitetos do Brasil/RS (IAB), Rafael Passos, e do advogado Márcio Félix. Passos