A pergunta que Bonner não fez ao prefeito de Porto Alegre

Sebastião Melo disse o seguinte, em entrevista ao Jornal Nacional nesse sábado, ao responder a uma pergunta de William Bonner sobre a possibilidade de melhoria na legislação ambiental por iniciativa da prefeitura: “O que não falta ao Brasil são legislações, o que falta mesmo é dinheiro”. Como não sabe da história ambiental escabrosa a seguir,

O bolsonarista que chora vai escapar?

Diante do silêncio generalizado, publiquei artigo nesse blog, no dia 25 de abril, com esse título, sobre a possibilidade de reversão nas expectativas de cassação do mandato do senador Jorge Seif: “O inesperado poder de um senador do segundo time do bolsonarismo” Essa é a primeira linha do artigo: “Tem cheiro ruim saindo do caso

O inesperado poder de um senador do segundo time do bolsonarismo

Tem cheiro ruim saindo do caso do senador Jorge Seif no Tribunal Superior Eleitoral. O processo deveria ter sido julgado na terça-feira da semana passada, mas o relator, Floriano de Azevedo Marques, não apareceu, por problemas pessoais, e não há nova data marcada. O TSE precisa decidir, em julgamento de recurso, se o TRE de

O estranho caso de Jorge Seif

Mais um caso muito estranho, depois da rede de proteção que o Conselho Nacional de Justiça lançou essa semana para tentar salvar a juíza lavajatista Gabriela Hardt. O senador catarinense Jorge Seif (PL) deveria ter sido julgado na terça-feira pelo Tribunal Superior Eleitoral, com grande possibilidade de cassação do seu mandato. Mas o relator do

Prefeitura desafia TCE e insiste em transferir R$ 1,7 milhão à loja do véio da Havan

Em junho de 2022, reportagem da repórter Adriana Irion, de Zero Hora, mostrou que a prefeitura de Porto Alegre se preparava para pagar R$ 1,7 milhão a uma loja da rede Havan, com recursos do Departamento Municipal de Águas e Esgotos (Dmae). A justificativa: a realização de “obra de utilidade pública e de grande importância

ELON MUSK SERIA MESMO O NOVO VÉIO DA HAVAN?

Espalha-se pela internet uma frase com letras graúdas, em fundo preto, que diz o seguinte: “Elon Musk is the new véio da Havan”. Será mesmo? Será que o fascistão que ataca Alexandre de Moraes pode ser depreciado e comparado, mesmo que em tom de galhofa, ao autoproclamado véio da Havan, que era um ativista de

As perguntas que devem ser feitas ao véio da Havan

A Polícia Federal quis saber do general Freire Gomes, o ex-comandante do Exército que delatou Bolsonaro como chefe do golpe, se ele foi procurado pelos empresários Luciano Hang, da Havan, Meyer Nigri, da Tecnisa, Sebastião Bonfim, da Centauro, e Afrânio Barreira, da Coco Bambu, para tratar da trama golpista depois da eleição de Lula. O

Os cinco anos do inquérito das fake news e as sete vidas de um periquito

É o mural mumificado da impunidade a lista de nomes do primeiro grupo de investigados, e a maioria ainda sob investigação, do inquérito das fake news, que completa cinco anos nesse 14 de março. Mas um nome se destaca de todos os outros. Policiais, promotores, procuradores, juízes de primeira instância, desembargadores e ministros das mais

Folha protege empresário e publica desmentido da delação sem dar a notícia

Essa é a Folha de S. Paulo protetora de empresários golpistas. O jornal não noticiou que o véio da Havan foi delatado por Mauro Cid por ter pressionado o inelegível a contestar, com os militares, o resultado da eleição de Lula. Mas noticiou na tarde dessa quinta-feira, na versão online, sem dar a informação antes,

Globo se recupera e finalmente mostra o véio na manchete

O Globo se recuperou, depois de esconder ontem, durante todo o dia, a notícia (furo do Paulo Capelli no Metrópoles) sobre a denúncia de mais um envolvimento do autoproclamado véio da Havan com o golpe. É a manchete do Globo online. Compartilho o texto em nome do interesse público. Estão chegando ao núcleo empresarial do