Os rastros que a família consegue evitar ou apagar

Bolsonaro teme que o filho Carlos seja preso por envolvimento com a produção e propagação de fake news. Não, essa não é uma manchete de agora. Não tem relação alguma com a operação de busca e apreensão da Polícia Federal no Rio e em Angra. Essa manchete é de abril de 2022. Saiu na Veja,

PF precisa esclarecer também a arapongagem usada para monitorar e achacar aliados de Bolsonaro

Estagiários da Abin sabem que a estrutura paralela de espionagem, que abastecia Bolsonaro, não produzia dossiês apenas contra quem o governo considerava adversário ou inimigo. Ativistas da extrema direita, amigos de Bolsonaro, gente da intimidade do poder, que bajulava o líder em gabinetes e palanques, também foi monitorada para a elaboração de dossiês quase sempre

O mistério dos celulares impenetráveis

O advogado Frederick Wassef, que trabalha para Bolsonaro, teve quatro celulares apreendidos pela Polícia Federal no dia 17 de agosto deste ano, quando jantava numa churrascaria em São Paulo. É público que os conteúdos dos celulares foram acessados pela Polícia Federal, que passa agora a analisar o que encontrou. Já o empresário Luciano Hang teve dois

Está saindo barato para Braga Netto

Uma operação de busca e apreensão só funciona sem aviso prévio, para tentar recolher o máximo de provas contra um investigado, de preferência no momento em que a investigação é deflagrada. No caso de Braga Netto, a ação dessa terça-feira foi considerada surpreendente por acontecer agora (mesmo que a investigação não seja nova), mas a

O que significa assumir tudo, coronel Mauro Cid?

Advogados de grandes criminosos devem estar assombrados com os dribles que o defensor do coronel Mauro Cid aplica há duas semanas na grande imprensa. Cezar Bitencourt está toureando os jornalistas das corporações como se lidasse com estagiários afoitos em busca de furos. Todos são usados e enrolados. Desde que assumiu o caso, em 15 de

O cansaço moral do coronel Mauro Cid

Por que o coronel Mauro Cid ficou quase 10 horas depondo na Polícia Federal nessa quinta-feira? Porque quis oferecer aos investigadores detalhes do que fez e do que mandaram que fizesse. Ninguém fica da manhã à noite sendo interrogado se não tem muita coisa a dizer. Mauro Cid decidiu falar porque está moralmente cansado. Porque

Teremos o primeiro delator militar?

A luta contra a ditadura teve bravos militares como militantes da democracia. Mais de 6 mil deles foram perseguidos, presos e expulsos dos quarteis e pelo menos 30 desapareceram ou foram assassinados. Mas no meio militar nunca surgiu entre os que estavam do outro lado, colaborando com o golpe e o regime, os que se

O que podem achar com Marcos do Val além do distintivo da Swat?

O que pode ter sido encontrado como prova relevante, na operação de busca e apreensão da Polícia Federal na casa, no gabinete e em escritórios de um sujeito investigado há quatro meses, como é o caso do senador Marcos do Val, do Podemos do Espírito Santo? É provável que achem mais uma minuta do golpe,

E se o deputado que pediu para ser preso continuar solto?

O deputado estadual goiano Amauri Ribeiro declarou que não teme ser preso, apesar de ter confessado que financiou participantes de atos terroristas do 8 de janeiro. É o seu jeito de ostentar impunidade. Todos os do grupo dele estão soltos. Há uma turma golpista, com ou sem mandato, ainda inalcançada. Não chega a ser uma