O novo esporte da extrema direita: atirar nos generais

Ficou escondida, quase camuflada no meio de textos sobre a aglomeração fracassada de Copacabana, a informação sobre a artilharia disparada por Silas Malafaia contra os generais da ativa. Malafaia sente-se com o poder de quem tem tropas civis para dizer o que disse. Que os comandantes militares que honram a farda devem renunciar aos postos

Jorge Pontual é modelo de jornalista para Silas Malafaia

Que jornalista, depois de décadas na profissão, gostaria de ser citado por Silas Malafaia como caso exemplar de defensor da liberdade de expressão? Pois aconteceu ontem em Copacabana. Jorge Pontual, 75 anos, o homem da Globo em Nova York, foi consagrado pelo pastor como parceiro na defesa das liberdades. Pontual é um dos grandes reaças

O tamanho do fiasco no Rio

O que foi percebido pelas cenas áreas dos drones, no ato bolsonarista em Copacabana, confirmou-se depois com as estimativas do grupo de pesquisa “Monitor do debate político”, da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da USP. O ato teve a participação de 32,7 mil pessoas em seu pico de público, por volta das 12h.

Malafaia atraiu Bolsonaro para um vexame em Copacabana

Até as baleias vistas de longe e citadas pelo deputado Gustavo Gayer sabiam que a aglomeração de Copacabana era de alto risco para o fascismo. E se confirmou o que muitos temiam. A aglomeração fracassou pelo que não conseguiu acrescentar à manifestação de 25 de fevereiro na Paulista. O ato pode ser considerado, pelo contexto

Os generais estão na moita

Os ataques do gângster Elon Musk ao Brasil tiraram os generais das manchetes. Os golpistas fardados, que muitos consideravam às portas da cadeia, despareceram. Há pelo menos duas semanas, as notícias anunciavam que aposentos do QG do Exército em Brasília estavam prontos, depois de reformas, para receber os militares que ali cumpririam prisão. Ninguém mais

A cadeia é o melhor lugar para a segurança dos irmãos Brazão

Ainda prospera a suspeita de que os irmãos Brazão teriam sido mandados por algum mandante mais poderoso, quando da ordem para que Ronnie Lessa matasse a vereadora Marielle Franco. A suspeita se fortalece com atitudes como as que aconteceram nessa quarta-feira, dentro e fora da Câmara, quando toda a extrema direita do PL e do

Os generais foram trocados por Malafaia e Elon Musk

Se a extrema direita civil brasileira tivesse um mínimo de compromisso com o respeito e o afeto pelos militares, Bolsonaro seria denunciado e execrado como destruidor das Forças Armadas do país. Deveriam largá-lo na estrada pela humilhação a que submeteu militares historicamente golpistas e que estiveram agora, por quatro anos, como seus empregados e ao

Musk provoca mais um delírio nos tios do zap

Tios do zap espalham desde domingo à noite que Elon Musk será a atração da nova aglomeração bolsonarista, dia 21 deste mês em Copacabana. Eles brincam de levar a sério que é possível reunir Bolsonaro, Silas Malafaia e Musk num trio elétrico. Imaginam sempre que tudo seja possível para o fascismo. Pergunta-se então em meio

O recado da Globo ao quase foragido

A Globo escalou Álvaro Pereira Júnior, no Fantástico, para mandar um recado ao quase foragido: a hegemonia política do amigo dele, Viktor Orbán, está se fragilizando na Hungria. Outro grande amigo, o neonazista israelense que mata crianças em Gaza, pode ser derrubado a qualquer momento e parar na cadeia. Sobra Javier Milei, que enfrenta divisões

Até o primo do coelhinho sabe que não teve multidão nenhuma em Balneário Camboriú

Bolsonaro reuniu uma mutidão de meia dúzia em Balneário Camboriú Imagens enganam, dependendo do ângulo de captação. Esse vídeo com link abaixo é da aglomeração do quase foragido sábado em Balneário Camboriú, feito pela equipe do inelegível. É óbvio que não há multidão, como foi alardeado. Há um agrupamento de pessoas num espaço bem limitado.