Reverências

Na noite da sessão de autógrafos de Todos querem ser Mujica, no Sarau Elétrico, em outubro, no fim da festa eu vi um rapaz (que não sei quem é) beijar a mão de Luis Fernando Verissimo.
O rapaz se aproximou, requisitou a mão do Luis Fernando, meio que dobrou o corpo em reverência, beijou e foi embora.
O Santiago​ e a Olga​ estavam na mesa com o Luis Fernando e a Lúcia e viram a cena. O escritor ficou meio sem jeito, mas eu achei bonito. Até porque pouco antes eu havia dado um beijo na testa dele.
Todos ali, se estivessem tão desinibidos como o rapaz, poderiam ter beijado a mão do nosso gênio.
Mas o Chico Alencar beijar a mão do Aécio, com tanta mão pra ser beijada…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


4 + 5 =