AS DAMARES E OS DAMARES

Descobriram agora que Damares mente sobre diplomas que não tem. Mas Damares é mais do que uma mentirosa. Damares é a combinação de Vélez-Rodrigues, Bolsonaro, os filhos de Bolsonaro, Sergio Moro, Magno Malta, os milicianos do Rio da Pedra, os coronéis do golpe, os coronéis da Avenida Paulista.
Damares é o resumo, a síntese de todos eles, incluindo o ministro do Meio Ambiente escolhido para enfrentar os ambientalistas e que agora brilha como caçador dos criminosos da Vale.
Damares acaba sendo um resumo do Brasil deformado. A Damares retórica, discursadeira, que ataca mulheres e é aplaudida, que mente ter diplomas que não tem, que fala com Jesus, essa Damares é o seu vizinho, o seu parente aquele, o seu amigo sentado aí ao seu lado na firma, ou aquela autoridade que nega a Lula o direito de ir ao velório do irmão.
Não se enganem. Uma autoridade que se agarra a argumentos quase religiosos para continuar tirando direitos de Lula é uma Damares com toga, uma Damares com lustro aparente.
Há Damares por toda parte, muitas dissimuladas. Não são maioria, mas são muitas, são milhões, em várias graduações, mais do que imaginamos. Milhões de Damares da classe média elegeram a turma da Damares.
O bolsonarismo que leva milicianos para o poder é uma Damares fora de controle. Damares apenas expõe uma alma coletiva que estava à espera da grande chance para se revelar.