A dupla da direita

Está sendo armada a nova estratégia da direita. Henrique Meirelles disse ontem em palestra a empresários em São Paulo: “Esse negócio de vice é interessante”.
Interessante pelo seguinte. Luciano Huck seria o candidato a presidente. Huck vai levar bordoada por todo lado como candidato da Globo. Mas aí tem o Meirelles, o cara do mercado, o homem dos bancos, o sujeito que segura a barra.
Huck vai reinar, fazer cena, dar entrevistas divertidas, virar cambalhota e realizar sorteios pelo país, sorteando não só casas e carros, mas botijões de gás e tanques de gasolina. E Meirelles vai governar, cuidando das reformas, da venda do que tiver sobrado de estatais, bancos e petróleo e dos interésses do pessoal das panelas.
Nunca antes o Brasil teve dois narigudos no governo, o que já demonstra que há algo em comum. O mercado já acertou tudo com a Globo. É Huck-Meirelles. Falta combinar com os russos.

One thought on “A dupla da direita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


4 + 4 =