Depois de morto…

Concordo com o Carpinejar. João Gilberto Noll foi morto pela indiferença de todos nós. Inclusive dos cínicos que, depois da morte, como sempre fazem, decidiram reconhecê-lo como grande autor.

Mas não tenhamos pena dos mortos. Tenhamos pena dos que se acham vivos.

http://zh.clicrbs.com.br/rs/entretenimento/livros/noticia/2017/03/fabricio-carpinejar-joao-gilberto-noll-foi-assassinado-9760397.html#showNoticia=LiFNVTMtdWwyMzA3Nzk0NDUxNzYzODIyNTkyd0J+MTE3MjQ2MTE2NDY5MTk1MDc3MiRoZDE2MDM5MjcwMzM2Nzc2MTEwMDhGJVJbSnteb2VsMy9wPG8pTmE=

(Foto de Daniel Ramalho)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


4 + 3 =