Falta algo

Eu sempre acho que ainda vai aparecer algo mais da delação do Lúcio Funaro, um grampo, uma mala (como os corruptos da turma do Aécio e do jaburu gostam de malas). Ainda falta algo mais teatral.
Mesmo assim, Funaro colocou a quadrilha na defensiva, porque deu detalhes de como eles agiam. O dano maior deve ter sido sentido pelo Geddel. Uma hora, Geddel vai querer falar, se não for liberado antes pelo Supremo, com direito ao resgate das malas com os R$ 51 milhões.
Joesley fez com que todo mundo esquecesse Marcelo Odebrecht (que pena deste homem). E Funaro está fazendo com que Joesley aos poucos seja esquecido. Quem virá depois de Lúcio Funaro?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


3 + 4 =