A GLOBO NÃO COMBINOU COM OS RUSSOS

A Globo tentou entrar e filmar dentro da fábrica da Sputnik na Rússia. A Globo queria entrar não só nos escritórios, mas nos laboratórios.

Não conseguiu e denunciou as restrições como arbitrárias.
Pois tente descobrir o que aconteceria com um repórter e um cinegrafista que tentassem entrar e filmar, não dentro dos estúdios, mas nos pátios da Globo no Rio. A dupla não passaria da primeira portaria.

Mas a Globo acha que pode entrar no ambiente em que se produz a vacina mais boicotada pela direita mundial.

Para a Globo, o laboratório da fábrica da Sputnik é como o vestiário do Flamengo no Maracanã.

(Álvaro Pereira, um grande jornalista, pagou o mico de tentar entrar onde talvez só o Putin entre. Pereira cumpriu a pauta burra, que não tem chance de dar certo, para que a Globo amplie as suspeitas em torno da Sputnik.)

__________________________________________________________________


__________________________________________________________________


ETERNIDADE
O sinal de alerta da chegada do envelhecimento e do fim da eternidade pode ser dado também pela notícia da morte de um Menudo.

A eternidade se esvai para muita gente quando se sabe que Ray Reyes morreu aos 51 anos.

Nelson Rodrigues escreveu um dia:

“Há certas idades que são aberrantes, inverossímeis. Uma delas é a de Pelé. Eu, com mais de 40, custo a crer que alguém possa ter 17 anos, jamais”.

É absolutamente inverossímil que um Menudo possa morrer de infarto, aos 51 anos, em meio a uma pandemia.

Alguns dirão: ah, mas Jimi Henrix, Janis Joplin, Jim Morrison, Amy Winehouse e muitos outros morreram antes.

Sim, mas a comparação é impossível, é uma outra conversa comprida e de outro departamento.

_________________________________________________________________

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


9 + 8 =