A Suíça do Bolsonaro

Com a tarifa de manutenção do cheque especial, taxa de manutenção de conta corrente e outras taxas encobertas de administração disso e daquilo, o poupador pagará para ter o dinheiro no banco, em qualquer aplicação.
Porque nada mais rende mais nada. O juro cobrado pelo banco chega a 80% ao ano (o juro ‘pessoal’ moderado). O juro do cheque especial está acima de 300%. Mas o rendimento de qualquer aplicação está próximo de zero.
Estamos no mesmo estágio de Suíça, Japão e outros países ricos, onde o juro é negativo (menor que a inflação) e as pessoas pagam para que seu dinheiro seja protegido.
Bolsonaro conseguiu. A Suíça é aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


9 + 9 =