O CORONEL E OS MILICIANOS

O embate entre Alcolumbre e Renan Calheiros inaugura no Congresso o duelo entre coronéis e milicianos. É disso que trata a disputa pelo controle do Senado.

De um lado está o coronelismo que em alguns momentos até avança, alia-se às esquerdas e faz concessões surpreendentes, em nome da própria sobrevivência.

Do outro lado está a turma que leva o poder dos milicianos de Flávio Bolsonaro para dentro do Congresso. A extrema direita, com o Rio das Pedras e com tudo, está a um palmo de controlar o Senado.

Tenham saudade de Romero Jucá. Esse é o primeiro faroeste de 2019. Não há saída. Só Renan Calheiros pode nos salvar, pelo menos por enquanto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


3 + 3 =