Liberal? Onde?

Quantos brasileiros que ainda se consideram liberais (mas são incapazes de enfrentar o golpismo, o reacionarismo e o regime de exceção que vivemos) poderão ler sem conflitos o novo livro de Vargas Llosa, A Chamada da Tribo, com textos de exaltação do liberalismo?
Uma resenha da Folha de S. Paulo diz que o peruano tenta distanciar o “verdadeiro liberalismo” do conservadorismo.
Onde estaria o verdadeiro liberal brasileiro, e não o ultraconservador que se jogou nos braços do bolsonarismo e que agora se aproxima do barbosismo?
Quem é liberal hoje no Brasil, no sentido político amplo? Ou a pergunta deveria ser esta: quem são os reacionários que se apresentam como liberais no Brasil?
Vargas Llosa deve conhecer muitos deles, pois anda sempre por aqui.

Por que ele é amado pela direita

llosa2

Mario Vargas Llosa poderia requerer adicional de insalubridade a cada visita ao Brasil para palestras organizadas por neoliberais, ultraconservadores ditos liberais e, enfim, a direita explicitada ou dissimulada.

Este é o começo do meu texto quinzenal no Extra Classe online.

www.extraclasse.org.br