A afronta do véio da Havan

Ijuí é uma das cidades mais inquietas do Estado, por ter herdado a capacidade de pensar, estudar, ensinar e agir dos freis capuchinhos e suas influências em todas as áreas, na universidade, na educação básica, na vida comunitária, no cooperativismo e até, diria a direita, no esquerdismo.
Pois a terra de Mario Osório Marques, o sábio Frei Matias, é agora também a terra da Havan.
Ijuí ergueu bandeiras de toda forma de ação coletiva e ficou conhecida como a cidade do debate e das liberdades.
O véio da Havan, que prega e faz tudo ao contrário, chega agora com sua réplica grotesca da estátua da liberdade como uma afronta à história e ao caráter da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


8 + 9 =