O desprezo da ONU pelos seus servidores

Israel matou 200 pessoas no sábado num campo de refugiados de Jabaliya, em Gaza, em área administrada pela ONU.

Israel já assassinou com suas bombas mais de cem servidores da ONU em Gaza. Eram 102 funcionários mortos até a última contagem, na segunda-feira.

Nunca morreram tantos servidores da ONU em guerras como estão morrendo agora, e desta vez sempre assassinados por apenas um dos lados.

E o que faz a ONU? Determina que seus escritórios em todo o mundo baixem suas bandeiras a meio mastro.

A ONU não consegue reagir à matança nem mesmo quando seus funcionários vão sendo mortos.

Porque a ONU não tem mais relevância nenhuma e não tem mais compromisso nem com quem trabalha para a organização.

Se Israel bombardeasse e destruísse a sede da ONU em Nova York, a organização pediria um lugar emprestado para se reunir e deliberar sobre uma resolução de repúdio à destruição da sua sede.

Cumpriria os protocolos e não chegaria a um consenso. A ONU é há muito tempo a mais inútil de todas as organizações internacionais.

___________________________________________________________________________

A DECISÃO ARGENTINA
E chegamos ao dia da eleição na Argentina. Não há mais o que dizer além das redundâncias. Mas o interessante é que o jornalismo brasileiro das corporações sugere que está com Javier Milei.

Não li em nenhum jornalão daqui nada que pudesse indicar simpatia por Sergio Massa, diante da ameaça representada pelo fascista.

Massa, um político de centro, é tratado pelos jornalões como se todos fossem parte da imprensa argentina inimiga do peronismo.

Folha, Globo e Estadão se comportam como se fossem Clarín e Nación. Para todos eles, Massa é um perigo.

____________________________________________________________________________

SEDE
O sábado foi dedicado a uma dúvida. As pessoas têm o direito de entrar nos shows com garrafinhas de água, ou devem pagar lá dentro do estádio o preço de vinho francês por uma água com bolinha?

Esse ano os efeitos do El Niño se manifestam também nas cabeças dos brasileiros.

E sempre lembrando que os liberais no poder estão entregando aos amigos todas as empresas públicas de água.

_____________________________________________________________________________

IDADES
Já li bons textos sobre a falsa questão do etarismo, posta por alguns quando se fala da fragilidade física de Joe Biden.

Não há como achar que um homem que não tem forças para falar e demora para pensar (não se fala de andar) possa exercer na integralidade a missão de liderar a maior potência do mundo.

2 thoughts on “O desprezo da ONU pelos seus servidores

  1. Moisés querido, a cada dia de sofrimento que vemos em Gaza e Cisjordânia, principalmente sobre as últimas notícias dos ataques de Israel à Rave (que estendeu-se até o sábado, por quê?), mais tenho a impressão de que este evento pareceU um novo 11/09… ???? Um Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


7 + 6 =