Zanin tem a nona melhor votação

Cristiano Zanin foi aprovado com folga pelo Senado para o Supremo por 58 votos a 18. É o nono mais bem votado desde a aprovação de Sepúlveda Pertence e Celso de Mello em 1989.

Dos mais recentes, André Mendonça havia sido aprovado com 47 votos a favor e 32 contrários. E Kassio Nunes Marques por 57 votos a 10.

Esses são, pela ordem, os mais bem votados, com Luiz Fux em primeiro e Francisco Rezek em último lugar:

Luiz Fux (2011): 68 votos favoráveis; folga de 27 votos
Ellen Gracie (2000): 67 votos favoráveis; folga de 26 votos
Joaquim Barbosa (2003): 66 votos favoráveis; folga de 25 votos
Carlos Ayres Britto (2003): 65 votos favoráveis; folga de 24 votos
Ricardo Lewandowski (2006): 63 votos favoráveis; folga de 22 votos
Menezes Direito (2007): 61 votos favoráveis; folga de 20 votos
Nelson Jobim (1997): 60 votos favoráveis; folga de 19 votos
Luís Roberto Barroso (2013): 59 votos favoráveis; folga de 18 votos
Cristiano Zanin (2023): 58 votos favoráveis, folga de 17 votos
Dias Toffoli (2009): 58 votos favoráveis; folga de 17 votos
Kassio Nunes Marques (2020): 57 votos favoráveis; folga de 16 votos
Teori Zavascki (2012): 57 votos favoráveis; folga de 16 votos
Rosa Weber (2011): 57 votos favoráveis; folga de 16 votos
Eros Grau (2004): 57 votos favoráveis; folga de 16 votos
Cezar Peluso (2003): 57 votos favoráveis; folga de 16 votos
Gilmar Mendes (2002): 57 votos favoráveis; folga de 16 votos
Alexandre de Moraes (2017): 55 votos favoráveis; folga de 14 votos
Cármen Lúcia (2006): 55 votos favoráveis; folga de 14 votos
Edson Fachin (2015): 52 votos favoráveis; folga de 11 votos
Marco Aurélio Mello (1990): 50 votos favoráveis; folga de 9 votos
Sepúlveda Pertence (1989): 50 votos favoráveis; folga de 9 votos
Carlos Velloso (1990): 49 votos favoráveis; folga de 8 votos
Maurício Corrêa (1994): 48 votos favoráveis; folga de 7 votos
Ilmar Galvão (1991): 48 votos favoráveis; folga de 7 votos
André Mendonça (2021): 47 votos favoráveis; folga de 6 votos
Celso de Mello (1989): 47 votos favoráveis; folga de 6 votos
Francisco Rezek (1992): 45 votos favoráveis; folga de 4 votos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


8 + 2 =