O SILÊNCIO DOS CRIMINOSOS

Em agosto de 2013, o grupo Globo admitiu que errou ao apoiar ‘editorialmente’ a ditadura no jornal dos Marinho. Levou 48 anos e cinco meses para confessar o que todos sabiam.
Talvez seja o caso de ir um pouco adiante, como fez a Volks agora, e admitir que colaborou com a ditadura.
A Volks confessou que diretores da empresa no Brasil delatavam funcionários ‘subversivos’, que seriam depois perseguidos pelos militares.
A imprensa colaboracionista e os empresários brasileiros que cometeram o mesmo crime da Volks continuam calados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


1 + 8 =