QUEM É CÚMPLICE DOS MILICIANOS?

Teremos muita coisa esclarecida quando formos muito além do que já se sabe das conexões dos milicianos com a política da extrema direita no Rio.
Por que determinados políticos atacam genericamente (como retórica) tudo que é bandido, mas nunca enfrentaram um bandido, nunca se referiram a traficantes e nunca criticaram os milicianos?
Por que os políticos líderes da extrema direita carioca não atacam os milicianos?
Talvez nem seja preciso responder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


2 + 8 =