A fantástica história do infiltrado bolsonarista

Esta é a grande interrogação sobre a fantástica história de Luiz Carlos Braga, demitido do cargo de editor-chefe da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC): como o jornalista chegou a essa alta função, além de virar apresentador da TV Brasil, se nunca viu ditadura no Brasil de pós-64 e ainda é admirador de Bolsonaro?

Como alguém convidou o sujeito para o cargo? Como foi que ele, que desqualificou a absolvição de Lula, em entrevista que deu em 2022, aceitou trabalhar para o governo Lula?

O que Braga estava fazendo no governo com o qual ele certamente não tinha nenhuma afinidade e nenhum compromisso?

Podem dizer, por ignorância, que ele apenas externou suas ideias e que o governo deve acolher gente de todo tipo e com todas as posições políticas.

No setor público, entra por concurso quem tem melhor performance, sendo de
direita, centro ou esquerda. Em cargo de confiança de governo, não. De jeito nenhum.

Imaginem Lula, eleito para desmontar a estrutura fascista do bolsonarismo, contratando para um cargo de chefia, na área de comunicação, com exposição pública na TV pública, um sujeito que vacila para definir o que é ditadura e tem simpatia por Bolsonaro. E que ainda questiona a inocência de Lula.

Se fosse tão normal assim, não seria preciso trocar de governo e os bolsonaristas, golpistas, admiradores de torturadores e canalhas em geral continuariam lá fazendo o que sempre fizeram.

___________________________________________________________________________

FASCISTAS PACIFISTAS
Como a extrema direita virou pacifista, só falta os terroristas bolsonaristas, aqueles da bomba no caminhão de combustível em Brasília, largarem uma nota pela paz.
Só falta a ONU convocar a Nova York o fascista que anunciou que mataria os inimigos a tiros na ponta da praia.
Só falta o fascismo brasileiro oferecer os terroristas do 8 de janeiro como soldados da pacificação.
O cinismo da extrema direita está vencendo. Carla Zambelli, que já caçou um negro armada com uma pistola pelas ruas de São Paulo, é a Gandhi brasileira.
O fascismo que ama Brilhante Ustra tira proveito de qualquer situação.

____________________________________________________________________________

SOROCABA
Todos os entrevistados do primeiro voo de resgate de brasileiros em Israel falam como se fossem pregadores religiosos. O tom é o mesmo.
E vi agora o vídeo de uma mulher que agradeceu pela operação de resgate ao prefeito de Sorocaba.

One thought on “A fantástica história do infiltrado bolsonarista

  1. O governo lula nao está melhor porque tem muito inimigo
    Na trincheira, todo dia quase sempre tem fogo amigo.
    Esta na hora do murro na mesa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


2 + 8 =