A verdade do jornalismo

jornalja

O repórter Matheus Chaparini, do jornal Já, tem a melhor resposta à alegação dos que o prenderam na ocupação da Secretaria da Fazenda, na quarta-feira.
Matheus seria um manifestante, segundo a Polícia e a Brigada, e por isso foi levado para o Presídio Central, de onde onde só foi liberado à noite.
Ele não era um manifestante. Estava ali como jornalista e provou o que disse em um vídeo mostrado hoje pelo Já. Não foi o repórter quem mentiu.
O jornal Já conta em seu site:

“Foram 11 vídeos feitos pelo repórter Matheus Chaparini, do Já enquanto cobria a ocupação, na quarta-feira realizada por estudantes, na Secretaria da Fazenda. A edição de pouco mais de 6 minutos mostra quando a Brigada entrou no prédio e como agiu na retirada dos estudantes.
Durante vários momentos o repórter se identifica como sendo da Imprensa e é ignorado.
1) 3:50 – o repórter diz: “Sou jornalista, não sou policial”.
2) 4:48 -(dá para começar ouvir antes) ele diz: “É o meu trabalho, estou num prédio público cobrindo a pauta”.
3) 6:10 – Representante do conselho tutelar diz: “ele é jornalista vem com a gente”.

Veja o vídeo no site do jornal:

http://www.jornalja.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


7 + 5 =