O ATAQUE DE CIRO AO “GUETO DE ESQUERDA”

Vou reproduzir abaixo apenas um trecho da entrevista de Ciro Gomes ontem a Roberto D’Avila, na Globo News.

Para que fique claro como Ciro caminha de volta em direção à direita, para se habilitar como terceira via, atirando sempre sem piedade nas esquerdas.

O trecho é do momento em que Ciro discorre sobre sua visão dos fracassos do Brasil, e o jornalista faz uma pergunta.

Vejam como Ciro Gomes esculhamba com as esquerdas:

Roberto D’Ávila – Para enxergar isso, não precisa ser de esquerda?

Ciro Gomes – Evidente que não. O Brasil não cabe no gueto de esquerda, muito menos de uma esquerda confusa, como é a esquerda petista ou pisolista ou pecedobista, que é a mesma coisa. Com todo respeito, são meus velhos companheiros, velhos camaradas, lá desde o movimento estudantil. Mas perderam a noção”.

Como o ex-arenista decidiu relembrar sua trajetória de líder estudantil, vamos compartilhar de novo uma reportagem de Leandro Prazeres, publicada no UOL, em 2018.

O jornalista não coloca o ex-tucano na mesma turma de ex-camaradas que ele agora ataca.

O importante é destacar o seguinte. Foi Ciro Gomes que, ao atacar as esquerdas, tentou se apresentar como um ex-esquerdista na juventude.
A reportagem o desmente em questões fundamentais.

O link para o texto está logo abaixo. Merece ser lido até o fim.

https://noticias.uol.com.br/politica/eleicoes/2018/noticias/2018/08/06/documentos-do-sni-mostram-ciro-preso-e-contra-julgamento-a-torturadores.htm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


5 + 7 =